All for Joomla All for Webmasters

Brasília Gastronomia – C’est si Bon

Brasília GastronomiaBrasília Gastronomia - C'es Si Bon

Brasília Gastronomia – C’est si Bon.

Brasília Gastronomia – C’est si Bon. Todas as vezes que passei, por dentro ou por fora do Restaurante C’est si Bon. Pensei? Hoje não quero crepe. Ledo engano, tem muito mais sabor e pratos variados do que crepe.

 

Sérgio Quintiliano, proprietário, é dinâmico, sabe falar do seu empreendimento e defende suas ideias com coesão.

 

Brasília Gastronomia – Sérgio Quintiliano

Sérgio é formado em artes na UnB e Gastronomia no IESB, que acham desta mescla? Ele viaja nesta entrevista de uma hora mostrando toda sua cultura e todo seu amor pelo estabelecimento do qual é proprietário.

 

C’es Si Bon – Arquitetura

Uma pia como poucas, um espaço interno como poucos, esse é o banheiro do C’est si Bon. As cadeiras, algumas precisam de reparos, afinal de contas o restaurante existe há bastante tempo. Alguns retoques têm que ser feitos na arquitetura, nada grave.

 

As paredes podem ser utilizadas para expor quadros de pintores locais, desde que estes assumam a responsabilidade e autorizem a exposição dos mesmos às intempéries gastronômicas. Surgiriam boas pautas para a mídia decorrente desta atitude

 

Há cadeiras fora do lugar e um balcão lindo onde poucos sentam. Sente e namore e veja o fluxo da quadra. A adega é linda. O nome C’es Si Bon, quando entramos pela rua, tem abaixo uma liberação governamental ou algo do gênero, veja o pequeno filme que fizemos.

 

A vitrine vendo os crepes sendo feitos valoriza o consumidor. No todo, é muito bonito.

 

C’est si Bon – Som

Há uma playlist no Spotify chamada “ces si bon”. Sinta o background sonoro que vais curtir se vier namorar ou coisas do gênero. Nas festas de aniversário não sei qual é o som, mas, tenha a certez, Quintiliano cuida com prazer desta parte e tem sensibilidade.

 

Brasília Gastronomia – O Sabor

Primeiro uma ressalva, Quintiliano tem dois filhos e só homenageou um colocando seu nome em um dos pratos, pois, ele descobriu o sabor num momento em que estava na cozinha. Queremos visitar o C’est si Bon de novo quando outro for homenageado (risos).

 

Entrada

Focaccia (R$ 14,00) – A descrição do cardápio diz: massa de crepe crocante e temperada acompanha da pasta do dia. A pasta que provamos foi de alho poró. A entrada fez-nos viajar pelo melhor sabor da crocância, fina a foccacia quase tinha a textura da hóstia (o corpo de cristo para os católicos cristãos) e a pasta era saborosa e suave.

Brasília Gastronomia
Focaccia

 

Bruscheta Mista (R$ 35,70) – Tomates em cubos, especiarias, azeitonas pretas, mozarela de búfala, manjericão, cogumelos frescos puxado na manteiga, queijo brie e molho tarê. Essa estava sensacional. O pão fica mais crocante nas bordas. A bruschetta de cogumelos frescos puxado na manteiga é divina sob todos os aspectos.

 

Vale ressaltar a quantidade. Ímpar.

Brasília Gastronomia
Bruscheta Mista

 

Pratos Principais

Galettes de massa de trigo sarraceno e leite de soja Almodóvar (R$ 43,60) – Filé em tiras, shitake, shoyu acebolado, catupiry. O shoyu acebolado, quanto ao design, esconde o filé que vem abaixo. O nome revela a cultura do proprietário. A textura, o sabor, a quantidade, a temperatura e o tempero, estavam excelentes.

Brasília Gastronomia
Galettes de massa de trigo sarraceno e leite de soja Almodóvar

 

Filé a Caetano (R$ 55,00) – Caetano é o filho de Quintiliano que ajudou a descobrir este prato. Filé Mignon alto com molho Poivre Vert acompanhado de rizotinho de abobrinha com gorgonzola e cebola caramelada. A harmonia e a unicidade são magias neste prato saboroso, onde a abobrinha do risoto nos encantou, estava muito bem feita.

Brasília Gastronomia
C’est si Bon – Filé a Caetano

 

Sobremesa

Crepe da Narue (R$ 29,60) – morango, chocolate ao leite, sorvete de creme. Esse degustamos pouco. O casamento do morango e chocolate agrada a muitos e a outros não. O design era diferenciado, bem como, a quantidade. A consistência do chocolate ímpar. Uma sobremesa histórica e finalmente, o crepe apareceu na mesa.

Brasília Gastronomia
C’est si Bon – Crepe da Narue

 

Brasília Gastronomia – O atendimento

Fomos atendidos por um garçom que tem classe, fala baixo enquanto serve, realmente merece todos os elogios pela forma cortês no atendimento. Seu nome: Wellington Evangelista. Recém contratado pela casa e destaque na nossa visão.

 

C’est si Bon – Clientes

Maria e Savithri Adusumilli, respectivamente, mãe e irmã deste que escreve esta matéria, ressaltaram via Whatsapp que adoram o C’est si Bon e vão lá frequentemente. Assim como elas, muitos devem ter este restaurante em suas agendas, e nós do Cultura, passaremos a frequentar com mais assiduidade, depois, de ver a mescla de sabores que o mesmo oferece.

 

Agora, quando for, conheça Quintiliano, grande figura e proprietário do espaço.

 

C’est si Bon – Fotos

Curta nossa página no Facebook com mais de 14.000 seguidores e veja mais de 70 fotos que fizemos do C’es Si Bon: C’est si Bon fotos Cultura Alternativa

 

Brasília Gastronomia – Filme

Filme feito com o celular e editado pela equipe de edição do Cultura Alternativa.

 

Anand Rao

Editor do Cultura Alternativa

http://culturaalternativa.com.br

LEIA TAMBÉM:

Bloco C Restaurante – Arquitetura, Sabor e Personalidade em Brasília

A feijoada do Piantella em Brasília, excelência à toda prova no sabor

Restaurante Sagres em Brasília, há 22 anos mantendo o sabor e o cardápio

Comentários abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *