All for Joomla All for Webmasters

Caminhos e Descaminhos na França – Tours, Traslados e Castelos

Caminhos e Descaminhos na França - ToursCaminhos e Descaminhos na França - Tours - Cláudia Dias

Caminhos e Descaminhos na França – Tours, Traslados e Castelos.

Caminhos e Descaminhos na França – Tours, Traslados e Castelos. Cláudia Dias, um ser humano ímpar, tem enviado seus textos via e-mail e nós editamos para colocar no ar. Qualquer erro em termos de escrita, pedimos desculpas, pois, nossa redação é pequena e objetivamos publicar várias pautas por dia o que nos impossibilita de ficar corrigindo cada pauta.

 

Cláudia, se achar algum erro, escreva nos comentários.

 

Caminhos e Descaminhos na França – Traslado

Saímos do hotel, em Paris, para a estação Bercy, de uber,  estávamos com malas grandes e pesadas, pois para pegar metrô há muitas escadas para descer e subir! Como estão em dia de greve dos trens, estamos indo de ônibus pela empresa Ouibus!

 

Antes da viagem compramos todos os trechos de deslocamento entre as cidades para ir de trem de alta velocidade, TGV, pela empresa SNCF, utilizando o site da Raileurope, mas nem todos estavam disponíveis por causa da greve já prevista.

 

O ônibus é confortável, tem ar condicionado e carregador de celular! O passageiro é quem coloca e retira as malas do bagageiro!

 

Caminhos e Descaminhos na França – Malas Grandes e Pesadas

Chegando em Tours não tinha uber e o ponto de táxi ficava  há cerca de 1 km de onde o ônibus chegou, então tivemos que enfrentar o desafio de ir até lá. Quando chegamos, verificamos que ficava perto do hotel.

 

Depois de ir empurrando as malas na maior parte do percurso, decidimos ir para o hotel a pé!

 

O hotel Du Theatre Tours tem um quarto charmoso, espaçoso, camas boas e bem arrumadas. Charmosos abajures, banheiro grande! Até então estamos acertando na escolha dos hotéis pelo site do hoteis.com! Porém, não tem elevador, foi um susto, depois de tudo, ainda ter que subir as malas pelas escadas!

 

Dica: não leve mala grande, repita e repita as roupas, carregue só o necessário, no máximo 2 casacos de frio, um mais quente e um mais leve, um cachecol, um gorro e um par de luvas, dois tipos de calçados, sendo um bem confortável para caminhar bastante! Mais da metade da minha big mala é de roupas de frio e o pior, a temperatura prevista subiu muito, logo, estão só ocupando espaço e gerando peso!

 

Continuando…. O rapaz da recepção foi gentil e subiu as nossas malas! Não tem frigobar, mas quase não ficamos no hotel, então dá pra tomar uma água sem problemas! O conforto das camas compensa! A qualidade da água do banho é bem melhor do que de Paris!

 

O hotel está bem localizado, bem em frente à opera de Tours, dá pra fazer tudo à pé!

 

Caminhos e Descaminhos na França – Tours

A cidade é charmosa, as pessoas são mais arrumadas do que em Paris. Há lojas mais bonitas, com roupas, calçados, objetos de casa e decoração! Almoçamos ou jantamos um gostoso risoto de frutos do mar e lagostinha, num ótimo restaurante próximo  ao hotel – Taverne Karlsbrau!

 

Procuramos uma agência de turismo para irmos aos castelos mas não encontramos! Fomos orientados a procurar o escritório de turismo da cidade, mas como estávamos cansadas, deixamos para o dia seguinte!

 

À noite, observando os locais para comer e beber, fomos ao L’Affiné Cheese Bar, com queijos em todo cardápio, onde comemos um prato com salada, presunto e queijo camembert derretido com pedaços de bacon, muito bom! Lógico que tomamos um vinho, como em todos os momentos que sentamos para comer alguma coisa! Todos os vinhos são bons!

 

Observarmos em Paris e nos demais lugares, que raramente se vê uma garrafa de vinho nas mesas, as pessoas tomam uma ou duas taças! O vinho é servido na taça na mesa do cliente.

 

Em Tours as pessoas fumam, mas, bem menos que em Paris!

 

Nada de deixar as coisas para o dia seguinte! Fomos ao escritório de turismo da cidade para pegar informações sobre como ir aos castelos, então descobrimos que os tickets dos passeios são comprados lá e que não era mais possível ir a alguns castelos de trem/ônibus, porque teríamos que ter saído mais cedo, sendo que era pouco mais de 9h da manhã!

 

Teríamos a opção de ir com empresas de turismo, mas só para o dia seguinte e é este escritório que agenda!

 

Outra opção seria alugar um carro, mas para ganharmos tempo decidimos ir de trem.

 

Caminhos e Descaminhos na França – Castelos de Amboise e Chenonceau

Tivemos que escolher um dentre os dois possíveis, Amboise e Chenonceau! Escolhemos Amboise, para visitar o castelo e a casa de Leonardo da Vinci. Foi emocionante ver o túmulo de Leonardo da Vinci, falecido em 1519, na capela Saint Humbert, no castelo Amboise!

 

Na sua residência, castelo de Clos Lucé, tem um lindo bosque com as suas invenções, produzidas a partir de seus desenhos, muitas invenções magnificas, que também estão na casa, além de alguns de seus quadros! Ele era um gênio!

 

Nesse bosque encontramos, mais afastado da casa, um restaurante com decoração medieval, muito intetessante, cujo nome é L’Auberge Du Prieure, com atendimento e preço muito bom também, pensando em euros! O  passeio com empresa de turismo seria 60 € para ir a 4 castelos, em outra empresa varia de 25€ a 60€ dependendo da quantidade de castelos a serem visitados!

 

Nós pagamos 25€ mais os tickets do trem!

 

Caminhos e Descaminhos na França – Detalhes sobre Tours

Tours está no Vale do Loire e próxima aos vários castelos, região de preferência dos reis para morar, passar férias e caçar! Região de ótimos vinhos!

 

A cidade é uma graça, bem charmosa, também, tem belas catedrais, como a de Saint Martin e Saint Gatien, um belo teatro, um belo museu, belos monumentos, até a frente da Gare (estação de trem) é linda, belas praças floridas e arborizadas, dentre outros lugares bacanas, muitos bares e restaurantes, muitas lojinhas bacanas com roupas, calçados, bolsas, artigos para casa, mercadinhos, farmácias, etc… e uma Galerie Lafayette com bons preços em ralação a Paris!

 

Fomos jantar no restaurante L’Escapade, na rua Colbert, que serve tipicamente à moda francesa, pouco e bem decorado, bem gourmet! A rua Colbert é bem movimentada, cheia de bares e restaurantes!

 

O museu de belas artes de Tours também vale à pena, tem lindos quadros!

 

A loja Relay está por toda parte, em todas cidades, então, não ficaremos sem internet durante a viagem, mas compramos um chip com 2 GB por 15 € e será suficiente para mais de 20 dias de viagem! E como já disse, funciona muito bem!

 

Dica: estamos usando muito o Google maps para chegar aos lugares, em todas as cidades, está sendo muito útil!

 

Estamos vendo que seria possível comprar os tickets de trem para as cidades, nas próprias estações, que têm vários totens de autoatendimento, em várias línguas, inclusive espanhol, mas preocupadas com a barreira da língua e com os traslados e horários dos trens, compramos pelo site da  Raileurope, mas, pagamos uma taxa de 20€ para cada viagem entre as cidades!

 

A empresa de trem que opera na França é a SCNF e mesmo na 2a classe são bem confortáveis, amplos, com ar condicionado e tomadas para carregar celular, ou seja, as viagens são rápidas e não há  necessidade de pagar mais caro para ir de 1a. classe!

 

Hoje 21/04, partimos de trem para Bourges!

 

Caminhos e Descaminhos na França – Fotos

O Cultura Alternativa há mais de 10 anos viaja o mundo, veja todas as fotos na nossa página pública. Neste link, as fotos de Cláudia sobre Tours.

 

Caminhos e Descaminhos na França – Agradecimento

Nós, editores do Cultura Alternativa, partimos para a Itália no dia 25 de Abril e retornamos no dia 09 de maio. Posteriormente, faremos um jantar na redação para Cláudia Dias que tem ajudado muito os leitores com seus relatos. Muito obrigado Cláudia.

 

Anand Rao

Editor do Cultura Alternativa

http://culturaalternativa.com.br/

LEIA TAMBÉM:

Caminhos e Descaminhos na França – Chip, Cave Veuve Clicquot e Giverny