Caminhos e Descaminhos na Itália – Turismo na Itália – O diabético e a alimentação

Anand Rao, o diabético, e Agnes Adusumilli, sua esposa.

Caminhos e Descaminhos na Itália – Turismo na Itália – O diabético e a alimentação. O diabético tem que se virar na Itália.

É uma doença que impede a ingestão de carboidratos, pois, são extremamente prejudiciais, então, a criatividade é o caminho.

 

Caminhos e Descaminhos na Itália – Caminhadas

Você anda muito na Itália quando está fazendo turismo.

O pé do diabético é um dos centros neurais da doença. Muitas vezes sofre de forma ímpar, tem lesões e etc.

Primeiro você deve tratar do pé periódicamente, tenha uma podóloga de confiança.

No país em que você estiver adquira um creme para passar o seu pé e não deixe que o mesmo desidrate ou fique exposto a feridas que podem se tornar um sério problema, no mais é curtir a vida e a viagem.

 

Turismo na Itália – Alimentação

Na Itália as massas são o forte. Lembre-se que estás sempre são recheadas de queijo, presunto e vários outros ingredientes. Estes ingredientes alimentam e muito.

Agora vai a dica: coma pizza, apenas o recheio, e as bordas que são crocantes e deliciosas. A base feita de massa deixe de lado. Sua diabetes vai adorar.

No final seu prato estará cheio de massa, mas, a diabetes controlada. Delícias conjugadas com saúde.

O diabético e a alimentação – Crie

Não vimos muitos produtos integrais na Europa, nem diets. A falta de determinação foi peça chave para não encontrarmos estes tipos de alimentos.

Nos cafés dos hotéis, inclusos nas diárias por opção, você tem à disposição ovos, bacon, salsichas, ou seja, inúmeros produtos sem o vilão carboidrato.

Não se preocupe, você vai se sentir bem.

 

Caminhos e Descaminhos na Itália – Carnes

É um produto mais caro, mas, fácil de encontrar. Se você quer barato, vá sempre ao restaurante chinês, lá você encontra frango, porco, tudo.

Por sinal, o restaurante chinês , no mundo inteiro, é igual. Se você é um viajante contumaz como eu não se esqueça desta dica: o restaurante chinês no mundo todo é igual.

 

Anand Rao

Editor do Cultura Alternativa

http://culturaalternativa.com.br/

LEIA TAMBÉM:

Corrida e caminhada trazem benefícios à circulação

Musicoterapia na terceira idade auxilia contra Alzheimer e Parkinson