Welcome to Cultura Alternativa   Click to listen highlighted text! Welcome to Cultura Alternativa
All for Joomla All for Webmasters

Com estética lo-fi, República Popular lança clipe que une pintura indígena e urbanidade

Unindo o urbano e a indígena em uma única estética audiovisual, a República Popular lança o clipe da música “NVMFDA” (Não vem me falar de amor).

O single faz parte do disco “Húmus”, que será lançado no primeiro semestre deste ano e traz como temática uma homenagem ao Estado do Amazonas.

No vídeo, os integrantes da banda manauara estão ornados com pintura facial, remetendo à cultura indígena, enquanto a vibe do clipe une o psicodélico e o lo-fi.

 

Como pode ser notado em “Curió”, primeira canção a ser divulgada de “Húmus”, a República Popular é apaixonada por contar histórias. Dessa vez o foco é em uma história mais densa, que acontece em um universo muito particular.

“Cada personagem desses ambientes que construímos possui seus próprios conflitos e suas maneiras de lidar.

Sendo assim, contrastes de amor e desilusão, depressão e superação estarão presentes por todo o disco refletindo fases, momentos e locais de um indivíduo”, conta Vinítius Salomão, vocalista e guitarrista.

República Popular 

A ideia de contraste de NVMFDA permanece também no disco. “Húmus” homenageia o Amazonas e a Região Norte, e também a cultura local e todos os povos que nela habitam.

“Tentamos, com a pintura indígena e o figurino urbano, traduzir o espírito das músicas pro nosso visual, criando uma mistura harmoniosa entre a cidade e a floresta, como índios futuristas”,  explica Viktor Judah, vocalista e baterista.

 

Enquanto em “Curió” a animação e a contação de história reinou, em “Não me venha falar de amor”, o objeto principal do clipe são os músicos. O vocalista e violonista Igor Lobo conta sobre a principal inspiração do clipe:

“É algo bem menos pretensioso, apenas a banda brincando e fazendo graça em frente à câmera. Queríamos  fazer algo psicodélico, pro clipe não ficar tão dentro da caixinha assim.

Buscamos influências nos clipes de Bon Iver e Tame Impala, mas que parecesse um trabalho de orçamento mais baixo, até ‘lo-fi’ eu diria, como os clipes do Mac DeMarco”.

 

O vídeo de “NVMFDA” foi dirigido pela República Popular, que além dos integrantes já citados, também conta com Sérgio Leônidas (voz e baixo).

A montagem e animação ficaram por conta de Almir Chiaratti e Mateus da Silva, já a direção de fotografia é de Américo Viana, além da maquiagem de Sanderson Silva.

A música foi produzida, gravada, mixada e composta por Viktor Judah, enquanto a masterização foi de Raphael Mancini.

 

Assista “NVMFDA”:

 

Click to listen highlighted text!