All for Joomla All for Webmasters

Conheça o artesanato feito de norte a sul do Brasil

artesanato

Artesanato é o próprio trabalho manual, utilizando-se de matéria-prima natural, ou produção de um artesão.

Cerca de 8,5 milhões de artesãos movimentam R$ 50 bilhões por ano na economia brasileira.

Em cada região do País, trabalhos têm características únicas, que expressam riqueza de identidades e culturas

 

Norte

A cultura indígena é a principal influência: há uso de palha, fibras de açaí e penas de animais. No Pará, produz-se a cerâmica Marajoara, a mais antiga arte em cerâmica do Brasil. No Tocantins, o destaque são produtos feitos com capim dourado do Jalapão.

Objetos característicos

Cestaria, adornos e acessórios com sementes, madeira ou penas; peças decorativas, como marchetaria (Acre) ou entalhe na madeira; e cerâmicas (Pará) e peças utilitárias como as cuias feita de coité.

Centro-Oeste

Mato Grosso e Mato Grosso do Sul mesclam cerrado e influência indígena. A arte também mostra o intercâmbio cultural favorecido pelas fronteiras com Paraguai e Bolívia. Já no Distrito Federal, há traços de um artesanato contemporâneo.

Objetos característicos

Flores em madeira, cerâmica (Mato Grosso do Sul), viola de cocho, redes coloridas e bordadas (Mato Grosso), imagens religiosas feitas em palha de milho e bananeira ou de cabaças, cerâmicas, pedras e gemas (Goiás), flores do cerrado (DF) e objetos da cultura indígena.

Nordeste

A produção artesanal tradicional tem destaque junto à arte popular e engloba o riquíssimo artesanato das rendeiras que fazem renda de bilro, renascença, filé, labirinto, ponto de cruz,  xilogravuras, garrafinhas com areias coloridas no Ceará e Rio Grande do Norte e bonecos de barro do mestre Vitalino, em Caruaru.

Objetos característicos

Peças em rendas, bordado de filé (Alagoas), boneca de pano (Pernambuco e Paraíba) e bonecos de barro (Pernambuco), orixás e instrumentos musicais (Bahia), imagens religiosas em entalhe na madeira (Piauí), cerâmicas (Ceará e Piauí) e azulejos (Maranhão).

Sudeste

Em Minas Gerais e no Espírito Santo, a produção está mais ligada ao tradicional. Já no Rio de Janeiro e São Paulo, o diálogo é maior com a produção contemporânea.

Objetos característicos

Tecelagem e bonecas do Vale do Jequitinhonha em cerâmica (Minas Gerais), flores, colares, souvenirs de conchas e escama de peixes (Espírito Santo), o instrumento musical Casaca (ES) e objetos feitos com material reciclado (Rio de Janeiro e São Paulo).

Sul

As cuias de beber chimarrão de influência indígena são muito comuns. As malhas de tricô para aplacar o frio e os produtos feitos em couro também fazem parte da cultura local. Em Santa Catarina, o artesanato da palha do trigo e a renda de bilro também são típicos.

Objetos característicos

Vestuários em couro e lã (Rio Grande do Sul), renda de bilros e bolsas de escama de peixe (Santa Catarina) e Pêssankas ucranianas (Paraná).

(Informações Ministerio do Turismo )

Motivos para visitar o Jalapão