Conhecimento teórico aumenta o rendimento dos músicos

música ,conhecimento teórico aumenta o rendimento dos músicos

Descubra como o conhecimento teórico aumenta o rendimento dos músicos

 

Estruturar os estudos pode otimizar a aprendizagem, e começar pelo conhecimento teórico traz uma base, na qual será possível se apoiar e buscar referências.

 

Milhares de pessoas no Brasil e no mundo têm o sonho de tocar algum instrumento musical, mas nem todas se preocupam com a teoria, o que deveriam fazer.

 

Entender o histórico da música, e de todos os procedimentos a serem seguidos, pode transformar a maneira de tocar e, consequentemente, como o som chega às pessoas. Grandes músicos certamente já se debruçaram sobre os livros para se tornarem o que são hoje, pois todo profissional bem-sucedido já precisou se esforçar muito.

 

Conhecimento teórico aumenta o rendimento dos músicos

 

O conhecimento teórico nunca é demais e pode proporcionar um universo de possibilidades. Além de permitir a reprodução de arranjos que fizeram sucesso, ele incentiva a construção de um estilo próprio, mesmo que embasado na arte produzida por outros artistas.

 

Não se pode negar que muitas pessoas nascem com um talento, o que os tornam músicos natos, mas não exclui a necessidade de aperfeiçoamento, que deve começar pelo conhecimento teórico. Existem alguns conceitos de música que são básicos para aprender, como melodia, harmonia e ritmo.

É interessante que se crie uma rotina de estudos, como se faz para a escola ou para a faculdade. Dedicar algumas horas, ou mesmo minutos, do dia para os estudos e para a prática do instrumento escolhido é o primeiro passo. Procurar cumprir o estabelecido é fundamental, já que a disciplina contribui para a melhor absorção das informações.

 

Procurar aprender pela internet é muito válido, mas realizar atividades orientadas por profissionais capacitados pode ser ainda mais produtivo, pois ele será capaz de instruir e corrigir os erros cometidos.

 

Os métodos podem ser os mais diversos, e os melhores resultados vêm justamente do reconhecimento das questões que se tem mais dificuldade e do estudo mais intenso delas. Estruturar a maneira de estudar pode otimizar a aprendizagem, e começar pelo conhecimento teórico traz uma base, na qual será possível se apoiar e buscar referências.

 

Só depois que os exercícios práticos devem compor o cronograma. Quando estiver nessa fase, outra dica é tocar em um ritmo mais lento que o original, para que sejam compreendidos todos os movimentos e arranjos.

 

A Tecla Som é uma empresa especializada no comércio e assistência técnica de órgãos eletrônicos , mas também trabalha com pianos e acessórios, inclusive para crianças.

 

Com 33 anos de experiência no segmento musical, afirma que o investimento deve ser pensado, e realizado somente quando há certeza do que se quer. “Muitos compram o instrumento para depois pesquisar a respeito dele. Fazer um estudo e buscar conhecimento teórico sobre as funcionalidades para as quais ele foi desenvolvido é essencial, a fim de que a compra não seja em vão”, orienta.

 

A determinação é muito importante. O real desejo de ser um músico costuma motivar ainda mais o praticante, principalmente se a evolução, mesmo que gradual, for perceptível.

 

Definir uma meta, que não precisa necessariamente ser o objetivo final, norteia as ações e deve servir como estímulo para o alcance de resultados melhores. Após cumpri-la, novas metas podem ser traçadas. Esse método costuma ser bastante eficaz e os praticantes acabam produzindo mais do que imaginaram inicialmente.

 

Músicas filosóficas que você precisa escutar