Welcome to Cultura Alternativa   Click to listen highlighted text! Welcome to Cultura Alternativa
All for Joomla All for Webmasters

Destaques do Pará – Rubeni Lobato de Moares

Destaques do Pará - Rubeni lobato de MoraesDestaques do Pará - Rubeni lobato de Moraes

Destaques do Pará – Rubeni Lobato de Moares.

Destaques do Pará – Rubeni Lobato de Moares. Ele prova que o esporte é muito na vida. Faz com que a mesma se torne única, mágica, cheia de nuances em qualquer idade.

 

Destaques do Pará – A Entrevista

 

Rubeni Lobato de Moraes, obrigado por esta entrevista via WhatsApp. Rubeni, revele-se para nosso público leitor falando um pouco quem é você, qual sua formação profissional. Não copie e cole currículos, exponha um pouco da sua vida com naturalidade.

 

Sou o Rubeni, engenheiro mecanico, com especialização em engenharia de seguranca do trabalho e MBA em Gestão Empresarial. Minha carreira foi toda voltada para a área industrial, desde 1982. Sou casado e tenho um casal de filhos. Minha filha me deu um presente nesse ano de 2017: a MARIAH. Sou uma pessoa determinada, caprichosa, leal e verdadeira. Se fosse um empreendedor, queria ter, pelo menos, uma pessoa com esse perfil para ser o gestor da minha empresa. Normalmente sou líder em minhas empreitadas, porém tenho bom senso ao saber me posicionar. Sou agitado e persistente. Tenho uma grande companheira com quem divido todas as grandes decisões. Meus filhos são meu orgulho. Minha tenacidade é uma das minhas virtudes. Entre os  meus diversos defeitos, cito um deles como sendo “um pouco impaciente”. Sou paraense de Belem, e tenho orgulho da minha criação/educação, sendo minha mãe meu porto seguro e meu pai meu heroi, meu espelho, meu idolo. Meu clube de coração, pulmão, fígado, rins, etc., é o Paysandu Sport Club, inclusive alguns dos fundadores foram meu avô, Arnaldo Pereira de Moraes, seus irmãos e  outros. Hoje estou aposentado, porém ainda em atividade, no ramo de representação, por enquanto… Estou estudando outros projetos e propostas.

 

Vamos falar de uma área que você atua como torcedor, como nadador, o setor de esportes. Quais são sua ações neste setor?

 

Embora gostasse de praticar varios esportes, foi na natação que encontrei mais oportunidade de treinar (temos uma tia que nos  levava, meus primos, eu e meu irmão para treinarmos, diariamente) e de ter um bom desempenho. Porém, pelo fato do meu clube, o Paysandu, não possuir piscina, nao tinha equipe de natação. Então iamos nadar da Tuna Luso Brasileira, expoente maxima da natação, na minha época. Agora como nadador master, resolvi, juntamente com um amigo, também apaixonado pelo Paysandu (Claudio Reis), montarmos a equipe de natação master do Paysandú, mesmo sem termos piscina própria  Procuramos o Presidente e expomos nossa ideia. Fui designado Coordenador de natação para o ano de 2017. A ideia é começar a natação do Paysandu pelos atletas máster  pois eles não dão despesas ao Clube (CADA UM TREINA NUM CLUBE E BANCA SUAS DESPESAS NOS TREINOS E NAS COMPETIÇÕES ). Apenas utilizariamos o nome. Com isso plantariamos uma semente para no futuro, quem sabe, o clube se interessar e investir na garotada, construindo piscina e investindo nesse esporte, e montar uma equipe de natação com todas as categorias, podendo ajudar a descobrir atletas a nivel nacional, como acontece com outros clubes que possuem essa estrutura. Para minha alegria , essa iniciativa ganhou a adesão de varios atletas master que tinham o mesmo sonho que eu: nadar pelo Paysandu. Hoje contamos com mais de 30 atletas, temos toucas e camisas com o simbolo do clube, e ja conquistamos diversas medalhas. E no Campeonato Paraense do segundo semestre, ficamos com a segunda maior pontuação. Ou seja, o sonho de fazer alguma ação que ajudasse meu clube de coração, como meu primo (Paulo Moraes, que chegou a ser vice-presidente), como meu pai, meus tios, meus tios avôs e meu avô fizeram, está se concretizando. A semente está plantada. Vamos em frente…

 

Agora me fale o que você acha dos torneio de natação master pelo Brasil. Há incentivo? O calendário é bom? Você viaja o Brasil ou só disputa competições no Pará? E qual a relação do esporte com uma vida mágica na aposentadoria? Master são só aposentados? Agradeço pela resposta e peço desculpas pela entrevista extensa.

 

Os tornei master, de uma maneira geral, estão crescendo no que diz respeito a prática. No caso da natação, esses ultimos 10 anos deu um salto, em numero de participantes, excepcional. Isso sem existir incentivos. Cada um escolhe seu Clube ou monta sua equipe (como foi o caso dos “IDOSO E FURIOSOS”, fundado pelo meu irmão e eu, e que chegamos a ser vice-campeão brasileiro em 2009, em Fortaleza) e sai por ai participando de campeonatos regionais, nacionais e até internacionais, com seus proprios recursos. Deve existir um ou outro com patrocínio, mas é muito raro. O calendário é muito bom. Existe uma grande interação entre os master. Quanto a minha participação em campeonatos fora do Pará, já foi mais frequente. Hoje se resume a duas ou tres participações nacionais. Mas dentro do Pará estou em todas. Master não é sinonimo de aposentado. Existe alguns aposentados, mas nas faixas de 60+ para cima. O master começa aos 25 anos, e as faixas são consideradas de 5 em 5 anos. Por exemplo: 25+, vai de 25 a 29 anos. Depois vem 30+, que vai de 30 a 34 anos. E assim por diante. Obrigado desculpe a demora. Até a próxima.

 

Destaques do Pará – A Amizade

Conheci Rubeni através de Laerte Lobato de Moraes, seu irmão, que hoje é o Diretor Geral do Hospital da Aeronáutica em Belém. Naceu então uma bela amizade e quando soube do sucesso na natação, parti logo para uma entrevista, pois, o Cultura Alternativa tem como um dos focos de sua linha editorial, valorizar fontes diversas das valorizadas pela mídia tradicional.

 

Seguindo o caminho inovador de entrevistas pelo Whatsapp, esta levou alguns dias, mas, saiu densa e intensa.

 

Obrigado Rubeni e solicitamos que divulgue o link nas redes sociais e peça para todos entrarem diariamente no Cultura Alternativa.

 

Anand Rao

Editor do Cultura Alternativa

http://www.culturaalternativa.com.br/

LEIA MAIS:

UMA ENCICLOPÉDIA COM AS 100 MULHERES MAIS INFLUENTES DO MUNDO

O destemido balé das bailarinas cegas

Click to listen highlighted text!