Dor ao consumir algo muito quente ou muito gelado?

Sensibilidade

Dor ao consumir algo muito quente ou muito gelado? Você não está sozinho!

Pesquisa aponta a sensibilidade nos dentes como o maior problema bucal dos brasileiros e o tempo seco está entre as causas

Tomar um sorvete em dias quentes, um cafezinho para dar aquela levantada ou até mesmo um brigadeiro após o almoço parecem atividades bem comuns, né?

 

Mas para algumas pessoas não é!

Ao consumir algo gelado, doce ou quente vem aquela pontada aguda e intensa nos dentes. A sensibilidade é um grande tormento. E, de acordo com especialista, o tempo seco de Brasília pode intensificar ainda mais o desconforto.

 

Uma pesquisa mostra que a sensibilidade nos dentes está entre os maiores problemas bucais dos brasileiros, ultrapassando, inclusive, a cárie.

 

Este levantamento encomendado pela marca Sensodyne à agência Katar, aponta que, de mil entrevistados, 32% dos brasileiros afirmam conviver com a hipersensibilidade.  E, dependendo da faixa etária o problema pode ser ainda maior.

 

Segundo a odontóloga Ianara Pinho, entre as causas está a erosão do esmalte ou retração da gengiva, onde a dentina e seus túbulos dentinários ficam expostos.

 

Ela também afirma que, por causa do tempo seco da capital, as pessoas normalmente têm obstrução das vias aéreas, ocasionando a respiração pela boca “Isso vai desidratar a gengiva, causando a inflamação crônica, responsável pela sensibilidade”, diz Ianara.

 

Sensibilidade – O que deve ser evitado?

 

Há fatores que também provocam o desconforto. “Quem tem sensibilidade deve evitar: pastas com efeito branqueador, pois são muito abrasivas, o uso de escovas muito duras e também  alimentos muito ácidos”, afirma.

 

Outro alerta é em relação à escovação. “É importante controlar a intensidade com que se escova os dentes, porque ao colocar muita força nesse processo, há maior desgaste, expondo a dentina”, explica a especialista.  

 

Sensibilidade – Tem solução?

A boa notícia é que há solução. Existem pastas de dentes específicas para tratar a hipersensibilidade, mas é algo temporário, não trata 100% do problema. Sentir dor não é normal. Então, Ianara alerta que o paciente deve procurar o auxílio de um especialista.

 

“Em alguns casos conseguimos resolver com laserterapia, mas em outros são necessárias cirurgias, restaurações ou aplicação de produtos específicos, por isso a importância de consultar um dentista”, conclui.

 

Esse registro foi postado em Geral e marcado .