Exposição na Casa Mário de Andrade celebra os 80 anos da Missão de Pesquisas Folclóricas

MISSÃO DE PESQUISAS FOLCLÓRICAS

Exposição na Casa Mário de Andrade celebra os 80 anos da Missão de Pesquisas Folclóricas

Em parceria com o CCSP, a mostra reunirá documentos, instrumentos musicais e objetos da expedição; além de oferecer cursos, palestras e shows gratuitos

Há 80 anos, o escritor Mário de Andrade realizava a primeira documentação sobre folclore no Brasil.

A Missão de Pesquisas Folclóricas, idealizada quando Mário era diretor do Departamento de Cultura de São Paulo, percorreu o Nordeste registrando a cultura popular da região. Para celebrar o importante estudo na área, a Casa Mário de Andrade e o Centro Cultural São Paulo (CCSP) promovem a exposição Mário de Andrade: uma Missão de vida ou morte, que inaugura na quinta-feira, 30 de agosto. Além da mostra, o museu também oferecerá palestras, apresentações musicais e cursos gratuitos.

Durante a visita à exposição, o público poderá ver documentos da expedição, instrumentos musicais e objetos etnográficos recolhidos pela equipe da Missão, que também será relembrada. Fizeram parte dela: Luiz Saia, chefe da expedição; Martin Braunwieser, técnico musical; Benedicto Pacheco, técnico de som; e Antônio Ladeira, ajudante geral. A discípula de Mário e primeira organizadora do acervo, Oneyda Alvarenga, também será homenageada. A mostra vai até o dia 11 de novembro, de terça-feira a domingo, das 10h às 18h.

Às quintas-feiras, de 16 de agosto a 27 de setembro (exceto dia 13 de setembro), das 19h às 21h, o grupo Boi da Garoa ocupará o galpão do museu para um animado encontro com música, poesia, dança e teatro, baseado na tradição criada e mantida pelos cortadores de cana da Zona da Mata Norte de Pernambuco. O grupo estuda, há oito anos, o Cavalo Marinho pernambucano, uma variante do Bumba-Meu-Boi nordestino, que foi classificado por Mário de Andrade como dança dramática. Os encontros serão abertos ao público, basta chegar e se divertir!

Já no sábado, 1º de setembro, das 15h às 17h, será exibido o material audiovisual e fotográfico produzido pela expedição chefiada por Mário. A palestra Fotos e Filmes da Missão de Pesquisas Folclóricas: imagens pioneiras da cultura popular brasileira será conduzida por Paulo Dias, pesquisador e diretor do grupo Cachuera, que discutirá a importância e os processos de registros de danças e músicas características da cultura popular.

Fechando as atividades, no sábado, 22 de setembro, das 16h às 18h, será a vez do show O samba de bumbo e as origens do samba paulista. A apresentação do grupo Quilombo Sambaqui Samba de Bumbo homenageará o “samba rural paulista” – expressão consagrada por Mário – revelando origens, sotaques e o desenvolvimento do samba em São Paulo.

A Casa Mário de Andrade integra a Rede de Museus-Casas Literários, que é gerenciada pela Poiesis.

Confira a programação completa referente à exposição Mário de Andrade: uma Missão de vida ou morte:

Grupo Boi da Garoa (grupo de estudos)
Quintas-feiras, de 16/8 a 27/9 (exceto 13/9) – das 19h às 21h

Mário de Andrade: uma Missão de vida ou morte (exposição)
Terça-feira a domingo, de 30/8 a 11/11 – das 10h às 18h

Na Pancada do Ganzá: um projeto de Mário de Andrade (palestra)
Sábado, 25/8 – das 16h às 18h

Fotos e Filmes da Missão de Pesquisas Folclóricas: imagens pioneiras da cultura popular brasileira (palestra)
Sábado, 1/9 – das 15h às 17h

Grupo Cambaiá de Moçambique de Bastão (apresentação musical)
Sábado, 1/9 – das 17h às 18h

Grupo Boi da Garoa (apresentação musical)
Quinta-feira, 13/9 – das 19h às 21h

Missão de Pesquisas Folclóricas – cadernetas de campo (palestra)
Sábado, 15/9 – das 15h às 17h

Na Passada do Ganzá (apresentação musical)
Sábado, 15/9 – das 17h às 18h

O samba de bumbo e as origens do samba paulista (apresentação musical)
Sábado, 22/9 – das 16h às 18h