Febre Amarela vacina

Febre Amarela Vacina

Febre Amarela vacina.

Febre Amarela vacina, a dificuldade em achar. Nossa experiência foi caótica em Brasília. Fomos à pequenos centros de vacina, públicos, havia acabado. Telefonamos para vários particulares, e nada.

 

Febre Amarela Vacina – Onde encontramos

No Centro Clínico do Lago, no Lago Sul, há um posto de vacinação internacional. Medíocre sob todos os aspectos, organizacional, em aparência, nos deixou amedrontados.

 

Nossos nomes e informações, como Identidade e etc, foram anotados à mão. A higiene do estabelecimento, apesar de no mercado, segundo informaram as proprietárias, há 30 anos era caótica.

 

Mas, tinha a vacina, que pasmem revelaram as donas, estavam reservadas para figuras de destaque na política nacional. Brasília tem disso.

 

Febre Amarela Vacina – O preço

Numa pequena tomada de preço, vimos que estava a 150 reais, se tomada de forma privada. Onde tomamos, era tão desorganizado, que informaram no telefone 300 reais a dose única, quando chegamos 220, depois, passou para 250 e por fim, tomamos por 220 pagando à vista.

 

Esse é o Brasil. Quando há o caos, a vacina se torna ouro. Se nas outras nações é assim, ficamos entristecidos, pois, a saúde deveria ser tratada com profissionalismo.

 

Febre Amarela Vacina – O Caos

No país instalou-se o caos. Filas extensas em órgãos públicos, dose fracionada, enfim, toda a forma de ação desmoralizando o país internacionalmente. Ouvimos que um holandês contraiu a febre aqui, ao chegar no seu país, primeiro mundo, curou-se.

 

Isso é impactante. Buscamos enquanto portal de notícias, traduzir o mesmo, mesmo que de forma simples para dez línguas. Estamos preocupados e valorizar a imagem do Brasil no exterior e nos deparamos com este tipo de caos por parte dos órgãos governamentais.

 

Obviamente o brasileiro deixa para a última hora tudo. Em sendo assim, um governo de um país onde seu cidadão deixa tudo para o último minuto, deveria estar preparado desde os primeiros focos no ano passado.

 

Mas, não, a situação é a mesma eternamente e não há quem aguente mais isso.

 

Redação

Cultura Alternativa

http://culturaalternativa.com.br/