Welcome to Cultura Alternativa   Click to listen highlighted text! Welcome to Cultura Alternativa
All for Joomla All for Webmasters

Fluminense inova no futebol 

Fluminense inova no futebolFluminense inova no futebol

Fluminense inova no futebol com Autuori, Abel e Abad.

 

Fluminense inova no futebol sob todos os aspectos. Vem sanando contas, promovendo jogadores formados em xerém, mantendo o técnico apesar de um ano conturbado, contratando um profissional para a Diretoria Executiva possível salarialmente e com experiência. Nós, que não fazemos parte do grupo político do atual Presidente, nem da oposição, avaliamos e aprendemos com este texto sobre a formação dos atuais mandatários. Admiramos a linha adotada e implementada.

 

Fluminense inova no futebol – Pedro Abad

Ele é auditor da Receita Federal e era Presidente do Conselho Fiscal do Fluminense. Hoje é o Presidente democraticamente eleito do Fluminense. Desde que assumiu vem implementando uma administração voltada para o saneamento de contas. Manteve algumas contratações caras realizadas por gestões anteriores e promoveu jogadores novos ou contratações possíveis que estivessem dentro das possibilidades financeiras do clube que está completamente endividado. Como todo ser humano, erra e acerta, mas, tem implementado ações inovadoras num país onde o futebol é norteado de corrupção, dívidas e administração inconsistente em pról de títulos. É criticado violentamente por parte da torcida do Fluminense, principalmente, por militantes dos grupos políticos contrários ou que fazem uma oposição diuturna. E é apoiado pela Flusócio, inclusive, de forma inadequada pelos cabos eleitorais.

Para nós que não somos de nenhum grupo político, vem fazendo uma gestão satisfatória e inovadora, principalmente, ao determinar um limite salarial para os jogadores que venham atuar em 2018. O país está quebrado e uma administração inteligente e econômica pode gerar vitórias.

Fluminense inova no futebol - Pedro Abad
Fluminense inova no futebol – Pedro Abad

Fluminense inova no futebol – Paulo Autuori

Atual Diretor Executivo do Fluminense. Tem formação em educação física (Universidade Castelo Branco), administração esportiva (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro) e curso de treinador de futebol (Universidade do Estado do Rio de Janeiro). Veja a história atualizada de Autuori neste link (clique aqui). Sua história mostra que está em decadência em termos de vitórias, mas, ele será Diretor Executivo do Fluminense e acreditamos que sua história fará com que ele inove na direção executiva, além de ser possível sua contratação a nível salarial.

Fluminense inova no futebol - Paulo Autuori
Fluminense inova no futebol – Paulo Autuori

Fluminense inova no futebol – Abel

A sua carreira como treinador começou no mesmo clube onde ele encerrou a carreira de jogador, o Goytacaz. Formou-se em Educação Física e, no ano seguinte, foi para Portugal treinar o Rio Ave, regressando ao Brasil em 1987 onde treinou o Galicia/BA para depois assumir o comando da equipe do Botafogo, onde já havia trabalhado como jogador. Foi curta a sua passagem pelo alvinegro carioca e, no mesmo ano, seguiu para Recife para treinar o Santa Cruz. Em 2006 Abel voltou a Porto Alegre para assumir mais uma vez o comando do Sport Club Internacional. Esta passagem tornou-se a mais vitoriosa dele em todos os clubes. Abel não perdeu a oportunidade e conquistou o título mundial após derrotar o Barcelona na final, por 1 a 0, com gol de Adriano Gabiru. No Campeonato Brasileiro, Abel levou o Internacional à 2ª posição.

Abel, logo após retornar do mundo arábe, iniciou sua trajetória no Fluminense enviando, inicialmente, seu auxiliar-técnico Leomir de Souza, ex-jogador do próprio clube das Laranjeiras e campeão brasileiro de 1984 com toda a equipe. Leomir, em sua primeira partida, ganhou do Cruzeiro por 2 a 1, com dois gols de Rafael Moura. Abel então estreou no jogo contra o Corinthians, sendo que ele perdeu o primeiro jogo dele em sua volta. A campanha do Fluminense foi boa e assim terminou na 3ª colocação do campeonato nacional. Logo no ano seguinte, seu time ganhou quase todos os campeonatos que disputou: Taça Guanabara, Torneio Luiz Penido, Campeonato Carioca e, por fim, Abel ganhou o único título que faltava em sua carreira: o Campeonato Brasileiro. Este título foi conquistado com 3 rodadas de antecipação, em um jogo em Presidente Prudente. O Fluminense chegou a fazer 2 a 0 diante do Palmeiras antes de ceder o empate que perduraria até os 43 minutos do segundo tempo. O placar final foi 3 a 2, com dois gols de Fred e um gol contra de Maurício Ramos.

Fluminense inova no futebol - Abel Braga
Fluminense inova no futebol – Abel Braga

Fluminense inova no futebol – O Ano Passado

O ano passado foi promissor, mas, essa promessa não se concluiu em vitórias, pois, o Fluminense teve muitos jogadores no serviço médico e alguns esqueceram seu futebol através da janela para a Europa. Quando não conseguiram jogar naquele continente pioraram muito.

 

Fluminense inova no futebol – O Presente 

O tempo presente reserva ao Fluminense uma única possibilidade. A contratação de um ou dois jogadores experientes e de jogadores possíveis, pois, a prioridade administrativa é o saneamento das contas. Isso provoca muitas críticas da torcida, mas, a longo prazo, pode ser considerado um bom negócio. Outra atitude inovadora foi a não demissão do técnico Abel.

 

Fluminense inova no futebol – O Futuro

Dentro de dois ou três anos o clube pode vir a lograr sucesso. Não será imediatamente, mas, após diversas situações como superavit, contração de um CT de excelência e etc.

 

 

Anand Rao

Editor do Cultura Alternativa

http://culturaalternativa.com.br/

 

Leia também:

Fluminense inova administrativamente e torcida dá show em Brasília – Por Anand Rao

Click to listen highlighted text!