Feijoada, Design, Atendimento, tudo de primeira no Rubaiyat Brasília

Gastronomia de Brasília. Rubaiyat. Cultura Alternativa.

Gastronomia de Brasília, Rubaiyat, Cultura Alternativa. Uma marca no país, o Rubaiyat encanta há anos. Fomos em São Paulo e para nossa infelicidade erraram o ponto da carne. Curta a matéria.

Agora fomos curtir à feijoada de sábado e ficamos encantados. O Rubaiyat foi o de Brasília, que charme, vale a pena.

 

Gastronomia de Brasília – Rubaiyat

A palavra Rubaiyat tem uma origem poética. A poesia de Rubaiyat ou Ruba’iyat canta a existência humana, a brevidade da vida, o êxtase e o amor. Omar Khayyam desenvolveu em sua obra poética a concepção do êxtase do vinho como transcendência do homem.

O poeta inglês Edward Fitzgerald (1809 – 1883) foi o responsável por tornar conhecido o Rubaiyat, a traduzi-lo e publicá-lo em 1859. A tradução de Fitzgerald tornou-se bastante popular no século XIX, com reedições em 1868, 1872, 1879 e 1889.

A leitura de que Omar Khayyam seria um poeta sufi foi erguida por J. Nicolas, em 1867. Segundo esta interpretação, a filosofia sufi estaria representada de forma simbólica nas imagens da obra – a taberna seria o templo; a divindade seria o vinho; a copeira seria a religião; o cálice, o universo; e a embriaguez o Êxtase Místico.

 

Rubaiyat – Concepção do Restaurante

Sob o comando da família Iglesias por três gerações, o Grupo Rubaiyat é uma referência da melhor gastronomia há 60 anos.

A produção de carnes premium vem das fazendas pertencentes ao grupo. Revelam ” criamos bovinos, suínos e aves de raças premium, e toda a produção é destinada ao abastecimento das nossas casas”.

As unidades do grupo têm sempre uma elegante adega, visita obrigatória dos amantes do vinho.

O Grupo Rubaiyat possui 9 restaurantes em 5 países:

Brasil, Argentina, Chile, México e Espanha.

 

Cultura Alternativa – Arquitetura

Uma adega imponente. Entramos na mesma, e sentimos que a temperatura faz o sabor do vinhos, seus taninos e acidez, crescerem. É refrigerada no ponto certo.

Um belo bar onde podemos degustar bebidas, drinks diversos.

Espaço Kids para que crianças possam extrapolar seus sonhos e criações. Sofás na área externa, para todos possam aguardar com tranquilidade tomando um drink, ou mesmo, depois do almoço contemplar a vista do lago.

Área externa e interna com belos móveis, confortáveis para qualquer ser humano com peso e tamanhos diferenciados. Cadeirinhas, também, para crianças.

O local onde se encontrava a feijoada, as mesas, lembram troncos de árvores, belas mesas onde podemos contemplar um visual singular.

 

Gastronomia de Brasília – Atendimento

Ficamos literalmente encantados com o atendimentos. O sommelier e maitre Maico Douglas foi cortês sob todo os aspectos e nos informou, em linhas gerais, sobre a carta de vinhos.

E o Chef John Nascimento além da percepção gastronômica, tem a percepção e excelência do atendimento. Divulgou a casa de forma macro.

E para terminar, o manobrista, mais que demais, bem como, o garçom da mesa, não pegamos o nome, um pecado, pois, são excelentes funcionários.

A casa é atenta ao contratar o corpo funcional, o gabarito é alto.

 

Rubaiyat – Style dos Editores do Cultura Alternativa

Veja nas fotos. Eu e Agnes estavamos tropicais, principalmente, no estilos dos óculos que usamos e isto merece registro.

Alegria de viver é isso, contemplar a sua roupa, o vestir mostra a sua felicidade e encantamento pela vida.

 

Cultura Alternativa – A Feijoada

Não bebemos vinho pelo medo do preço. A Feijoada custa R$ 80,00 (oitenta reais) e inclui todos os ingredientes. É sensacional.

Vários tipos de batidas estão inclusas, a destacar: coco, maracujá e limão.

Há uma pista só de grelhados, espetacular.

E uma só com sobremesa, em torno de dez, todas saborosas.

O destaque ficou por conta da costela de porco que vem na mesa, desmanchando na bola, incrível, demais.

 

Gastronomia de Brasília – Crítica

Se você não utilizar o manobrista, seu carro vai ficar no sol, numa área empoeirada em asfaltamento, com pedrinhas de granito.

O manobrista custa só R$ 10,00 (dez reais), coloca teu carro na sombra, acho que vale a pena.

A outra crítica é ao mousse de chocolate, precisa ser mais Rubaiyat.

 

Rubaiyat – Fotos

Viajamos o mundo visitando espaços gastronômicos, intervenções, hotéis, curta a nossa página e veja mais de 10.000 fotos. As fotos do Rubaiyat você pode curtir clicando no símbolo do Facebook abaixo.

 

Publicado por Portal Cultura Alternativa em Sábado, 7 de julho de 2018

Cultura Alternativa – Filme

Nosso setor de áudio visual fez o filme abaixo.

Gastronomia de Brasília – Internet

Usamos a internet do Rubaiyat Brasília. Excelente.

Site – Rubaiyat Brasília

Facebook – Grupo Rubaiyat

Instagram – Rubaiyat Brasíl

 

 

Anand Rao

Editor do Cultura Alternativa

culturaalternativa.com.br