Guia Estradas do Brasil – Melhores e Piores

Guia de Estradas do Brasil - Bahia

Guia Estradas do Brasil – Melhores Estados e Estradas. O período de férias é o principal responsável pelo aumento do tráfego de veículos nas estradas do país. A possibilidade de viajar com a família e amigos é ainda maior nessa época do ano, no entanto uma viagem que deveria ser para relaxar e aproveitar o momento, pode se tornar uma verdadeira dor de cabeça quando você se depara com uma estrada em péssimas condições.

Pensando nisso, o Cultura Alternativa listou, com base nos dados divulgados pelo Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT), as 10 melhores e piores estradas do Brasil. Com isso você poderá aproveitar as férias ao máximo, sem se preocupar com a condição das estradas.

 

“No final do texto deixer um comentário e envie e-mail para culturaalternativa@culturalternativa.com.br. Você receberá de presente um livro de poesia.”

 

Os Melhores Estados e Malha Viárias

 

Guia Estradas do Brasil – Melhores – Amapá

As rodovias do Amapá são as que se encontram em melhores condições de tráfego. Segundo o DNIT, 98% da malha rodoviária estão em bom estado de conservação. Apenas 2% dos trechos estão em situação regular e ruim.

Dessa forma, os motoristas que planejam percorrer as estradas dessa região, poderão aproveitar uma viagem tranquila e confortável, no que diz respeito à situação das rodovias.

Guia de Estradas do Brasil - Amapá
Guia de Estradas do Brasil – Amapá

Guia Estradas do Brasil – Melhores – Distrito Federal

O Distrito Federal está em segundo lugar, no ranking dos estados que possuem as estradas em melhores condições do país. Segundo o DNIT 85% das estradas estão em boas condições. Esses resultados revelam o constante investimento do governo na melhoria da infraestrutura das principais rodovias dessa região.

Alguns trechos foram restaurados recentemente, as pistas e acostamentos estão em bom estado de conservação e há sinalização vertical e horizontal em todo o percurso, algo que garante a segurança durante as viagens das férias.

Guia de Estradas do Brasil - Distrito Federal
Guia de Estradas do Brasil – Distrito Federal

Guia Estradas do Brasil – Melhores – Piauí

Apesar de ser considerado um estado que têm 83% das suas estradas em boas condições. O DNIT caracterizou alguns trechos como em péssimos estados de manutenção, dentre eles a BR-135, que apresenta uma série de irregularidades na sua infraestrutura, tais como falta de pavimentação e sinalização em alguns trechos.

Ela apresenta falta de acostamento e problemas em sua geometria, tais condições fazem com que os motoristas que trafegam por essa estrada precisem redobrar a atenção no volante.

Guia de Estradas do Brasil - Piaui
Guia de Estradas do Brasil – Piaui

Guia Estradas do Brasil – Melhores – Bahia

O estado da Bahia foi elencado como o 4º estado com a melhor malha rodoviária do país, com 82% das suas estradas consideradas em bom estado de conservação. No entanto, 10% dos trechos ainda foram considerados em situação regular pelo DNIT.

Nesse sentido, apesar dos motoristas encontrarem trechos em boas condições, também terão que ter atenção extra nas demais vias. Sobretudo, devido às obras nas estradas que começaram a ser realizadas após a divulgação da pesquisa do DNIT.

 

Guia Estradas do Brasil – Melhores – Roraima

A pesquisa realizada pelo DNIT também apontou Roraima como outro estado que apresenta a maior parte da sua malha rodoviária em boas condições, chegando a 82% da sua totalidade. Os outros 18% indicaram trechos com algum tipo de problema em sua infraestrutura, tais como buracos.

Assim como na malha rodoviária da Bahia, os motoristas que pretendem trafegar pelas estradas de Roraima devem estar atentos aos percalços ao longo do caminho. O ideal é conferir a situação de cada rota que deseja seguir, através do próprio site do DNIT.

 

“No final do texto deixer um comentário e envie e-mail para culturaalternativa@culturalternativa.com.br. Você receberá de presente um livro de poesia.”

 

Os Piores Estados e Malhas Viárias

 

A pesquisa realizada pelo DNIT também apontou quais são os estados que apresentam as piores condições rodoviárias do país. Algumas delas contam com apenas 32% de suas estradas em bom estado de conservação e trafegáveis. Veja os estados que requerem maior atenção por parte dos motoristas durante o período de férias:

 

Guia Estradas do Brasil – Piores – Sergipe

De acordo com o DNIT, apenas 52% das estradas de Sergipe estão em boas condições de tráfego. Dentre os trechos que apresentaram péssimos estados de conservação, foram encontrados sérios problemas de pavimentação e sinalização.

A situação é realmente alarmante e arriscada para os motoristas que trafegam por algumas regiões do estado, uma vez que é preciso ter maior concentração ao volante para evitar possíveis prejuízos ao veículo e a segurança do condutor e dos passageiros.

 

Guia Estradas do Brasil – Piores – Mato Grosso do Sul

Apenas de 52% das estradas do estado estar bem conservada e garantir maior segurança e comodidade aos motoristas. De acordo com o DNIT, 12% dos trechos estão em péssimas condições para o tráfego e apresentam defeitos frequentes no pavimento, como buracos.

A maior parte dos trajetos que são considerados péssimos é praticamente intrafegável e requer grande habilidade do motorista para serem percorridos. Devido a isso, elas apresentam um elevado risco de acidentes.

 

Guia Estradas do Brasil – Piores – São Paulo

O estado de São Paulo foi posicionado entre aqueles que apresentam as piores condições de infraestrutura das suas rodovias. O resultado da pesquisa realizada pelo DNIT evidenciou que menos da metade (43%) das estradas encontra-se em bom estado de conservação.

Alguns trajetos foram considerados intransitáveis devido à situação da infraestrutura das vias. Os motoristas deverão estar atentos à presença de trechos com defeitos na pavimentação, irregularidades, dentre outros problemas.

 

Guia Estradas do Brasil – Piores – Acre

Segundo o DNIT, esse estado é um dos que apresentou um menor percentual de estradas em boas condições, apenas 32%. Ainda de acordo com o Departamento, os problemas de infraestrutura das rodovias decorrem, em sua maioria, da falta de investimento no setor.

Os motoristas que circulam pelas rodovias se deparam constantemente não só com problemas na infraestrutura, como também com a pouca segurança que as estradas promovem. Afinal, mais de 30% dos trajetos foram categorizados como ruins pelo DNIT.

 

“No final do texto deixer um comentário e envie e-mail para culturaalternativa@culturalternativa.com.br. Você receberá de presente um livro de poesia.”

 

Viaje

 

Ao ter acesso a essas informações, as viagens de férias poderão se tornar mais prazerosas, pois você poderá analisar quais são os estados e estradas que certamente irão apresentar uma maior quantidade de problemas em sua infraestrutura.

É importante destacar que o DNIT oferece uma série de informações acerca das condições das rodovias, dentre elas, o mapa da malha rodoviária de cada estado. Por meio dessas e outras informações, você poderá planejar detalhadamente a sua viagem e prevenir o surgimento de imprevistos.

 

Redação

Cultura Alternativa

http://culturaalternativa.com.br/