Claudionor Germano. Homenagem no Dia do Frevo !

Carnaval, Dia Nacional do Frevo, claudionor germano

O Dia Nacional do Frevo é comemorado em 14 de setembro.

Esta data é uma homenagem ao principal marco cultural e artístico do estado de Pernambuco: o frevo!

O frevo é um ritmo musical e uma dança tradicional com origem em Pernambuco e que combina elementos da marcha, maxixe e movimentos da capoeira. Em dezembro de 2012, o frevo foi instituído Patrimônio Imaterial da Humanidade pela UNESCO.

Na capital pernambucana, Recife, o frevo ainda é celebrado em 9 de fevereiro, normalmente durante as festas do Carnaval.

 

Dia Nacional do Frevo  – O frevo

A palavra frevo foi registrada em 9 de fevereiro de 1907, pela primeira vez, em um pequeno jornal, e tem como origem a palavra “efervescência”, por causa da rapidez no movimento dos pés e do corpo, como se o chão estivesse a “ferver”.

O ritmo musical acelerado mistura a marcha, o maxixe e alguns elementos da capoeira, atividade muito praticada pelos escravos.

Existem três tipos de frevo: o frevo de rua, o frevo canção ou o frevo de bloco. Os trajes coloridos são compostos por uma camisa curta e justa amarrada na cintura, calça colada e shorts, e mini saia para as mulheres.

Outro item essencial é a sombrinha, que tem origem na época dos escravos, quando estes impedidos de praticar a capoeira, usavam um guarda-chuva para proteção em eventuais brigas.

O estandarte também é um símbolo característico do frevo. Trata-se de uma bandeira com um emblema, que vai na frente dos cortejos.

A tradição vem da época das Cruzadas, na Idade Média, quando as missões militares e religiosas ostentavam bandeiras com símbolos de cruzes e brasões.

Claudionor Germano – Pot-Pourri: É de Amargar

Pot-Pourri: É de Amargar / Tenho uma Coisa para Lhe Dizer / Manda Embora Essa Tristeza / Quem Vai pro Farol É o Bonde de Olinda

Claudionor Germano da Hora, nasceu em Recife, 10 de agosto de 1932.

Claudionor é irmão do artista plástico Abelardo da Hora e do médico escritor Bianor da Hora, e pai do também cantor de frevo Nonô Germano.

O seu trabalho sempre esteve relacionado a composição e interpretação do Frevo, sendo um dos principais intérpretes de Capiba e Nelson Ferreira.

Claudionor Germano foi o intérprete nacional que mais gravou um mesmo compositor, tendo gravado 132 canções de Capiba.

 

Agnes Adusumilli

Cultura Alternativa