All for Joomla All for Webmasters

Interpretação é muito na canção

Interpretação é muitoAnand Rao

Interpretação é muito na canção.

Interpretação é muito na canção. Viajo nesta questão. Hoje, sexta, 12 de janeiro, sentado aqui na redação e escrevendo pautas diversas. O ato de criar é fundamental, compor é tudo, mas, interpretar é o algo mais. A fusão destas duas ações me comovem.

 

Interpretação é muito na canção –  Composição e Interpretação

Componho e viajo neste ato. Interpreto, e ao interpretar, choro. Ao compor estou preocupado com a melodia, ritmo, encanto, pausa, espanto. Ao interpretar, bebo, me contagio e vivo sob o tempo mais caro da minha alma e coração. Norteado de emoção, compactuo minha interpretação com todos através das expressões no meu rosto, corpo, canto.

Interpretação é muito
Interpretação é muito – Anand Rao

Interpretação é muito na canção – Alma e Coração

Ao interpretar você tem que colocar sua alma e coração. Ao compor, há um espaço para a emoção, mas, a lucidez é maior. Se quiser cifrar, preciso olhar um dicionário durante o processo de composição, pois, a nomenclatura não me vem com sede à cabeça. O processo é um casamento entre o racional e a inefável viagem.

Ao interpretar, pouca lucidez e muita loucura. Os estudioso, como Yara Gambirasio, preocupam-se com o diafragma, eu, translúcido e opaco, com a viagem da minha alma.

Interpretação é muito
Interpretação é muito – Anand Rao

Interpretação é muito na canção – Scarbourough Fair

Abaixo vários interpretando a mesma canção. Ai você vê a sede do coração dos interpretes. Dai a falta de compreensão do cover. Não entendo o cover, acho que o cover morre em si, adoece e não se diz. Estou talvez muito enganado? Mas, não posso, não poderia e nunca fui um cover. Tenho alma, crio e interpreto.

 

 

 

 

 

 

 

Anand Rao

Editor do Cultura Alteranativa

Home

LEIA TAMBÉM:

Três músicos, três visões com Júnior Araújo, Anand Rao e Rai Melodia

A Música, O Silêncio e o Músico – Por Anand Rao

Dave Holland, um grande, grande mestre com um grande pianista Graig Tauborn – Por Anand Rao

Comentários abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *