Welcome to Cultura Alternativa   Click to listen highlighted text! Welcome to Cultura Alternativa
All for Joomla All for Webmasters

‘Lágrimas de Guarda-Chuva’ em Brasília – Teatro.

Lágrimas de Guarda-ChuvaLágrimas de Guarda-Chuva

Espetáculo ‘Lágrimas de Guarda-Chuva’ que aborda relações humanas será apresentado na Sala Plínio Marcos do Complexo Cultural Funarte com entrada franca

Com 14 montagens e mais de 150 prêmios, o grupo goiano de teatro Arte & Fatos completa 30 anos de carreira apresentando a turnê de Lágrimas de Guarda-Chuva, na Sala Plínio Marcos do Complexo Cultural Funarte, nos dias 22 e 23 de março. A entrada é franca.

O mais novo espetáculo do grupo, Lágrimas de Guarda-Chuva, dirigido por Danilo Alencar, traz à tona as relações humanas vistas pelo prisma do mundo contemporâneo. O medo, a solidão, o egocentrismo e o absurdo permeiam o roteiro da apresentação. O espetáculo adentra o universo circense, com propostas claunescas, malabares e mágicas. Estes elementos se juntam a outros, trazendo ao público uma reflexão sobre a arte que o grupo se propõe a fazer.

De acordo com Danilo Alencar, a ideia desta turnê é levar o espetáculo a lugares onde o teatro não chega com facilidade. Em todas as cidades goianas a entrada será gratuita.

Já Brasília e Belo Horizonte foram escolhidas por serem cidades onde o grupo tem intenso intercâmbio. Esta última, por exemplo, é a cidade onde nasceu o texto deste espetáculo: um presente que Danilo Alencar ganhou de Eid Ribeiro. “Há uns oito anos, o diretor e dramaturgo do grupo Armatrux assistiu aqui em Goiânia ao nosso espetáculo Balada de um Palhaço. Houve um sincronismo muito grande entre os meus trabalhos e os deles e fui presenteado com esta obra”, conta Alencar se referindo a “Lágrimas de Guarda-Chuva”.

Sobre o espetáculo – Lágrimas de Guarda-Chuva

Seis personagens se encontram em uma praça de uma cidade deserta, seus moradores sucumbiram ao mal da cólera. Sansão, um mágico decadente, insiste nos repetidos números artísticos, como transformar Angelina em Zambê, a mulher macaca.

Há uma incógnita na relação dos dois, ao mesmo tempo Angelina parece ser secretaria, amante, às vezes filha. Após horas insistindo em chamar a atenção de algum morador do solitário lugar, ambos percebem terem caído numa cidade fantasma.

São surpreendidos por três cegos, que no acaso do destino cruzam seus caminhos. A partir desse encontro há um embate que conduz a trama a um jogo de interesses entre o amor, o sexo, o dinheiro, a ambição, a cobiça, o medo, a solidão. Carmelo, sobrevivente da trágica cólera, testemunha o embate entre as respectivas personagens, sua presença muda o jogo e suas regras.

30 anos de estrada – Lágrimas de Guarda-Chuva

O Grupo de Teatro Arte & Fatos foi fundado em 1988, pelo diretor Danilo Alencar, fazendo parte do Programa Cultural da Universidade Católica de Goiás, hoje, Coordenação de Arte e Cultura da PUC GOIÁS. A pesquisa do grupo era voltada para montagens que retratassem fatos históricos. Esta pesquisa segue presente no trabalho atual do grupo, que também se dedica constantemente à pesquisa sobre o trabalho do ator e o estudo das diversas formas e possibilidades do fazer teatral.

O primeiro espetáculo do grupo foi apresentado em 1988, “Nos trilhos da História”. De lá para cá o grupo circulou por 16 estados do país e recebeu mais de 150 prêmios. “Lágrima de Guarda-Chuva” é o 14º trabalho conduzido por Alencar.

“Fazer arte é um sacerdócio, se eu não trabalhasse com teatro todo esse tempo, acho que muita coisa não faria sentido. Acho que fazendo teatro aprendemos a conhecermos melhor a nós e aos outros.  O “Lágrimas” tem sido uma luz guia em relação ao caminho que queremos ou pretendemos em nossas vidas”, comenta o diretor sobre a atual fase do trabalho do grupo.

Serviço: Turnê “Lágrimas de Guarda-Chuva”, grupo Arte & Fatos

Direção de Danilo Alencar e texto de Eid Ribeiro

Datas: 22 e 23 de março (quinta e sexta-feira), à 19h

Local: Sala Plínio Marcos do Complexo Cultural Funarte (Eixo Monumental) – Brasília DF

A entrada é gratuita com retirada de ingressos 30 minutos antes das sessões.

Não recomendado para menores de 12 anos

 

Click to listen highlighted text!