Portuguese English Spanish
Quinta, 16 Fevereiro 2017 15:06

Agricultor montou uma biblioteca comunitária na sua horta pra incentivar a leitura na região

De um lado da venda, tomates, batatas e alho. Do outro, prateleiras cheias de livros dos mais variados estilos.

Quem oferece tudo é Elias de Morais, agricultor de Americana, cidade no interior de São Paulo.

Qualquer um pode, após preencher uma ficha, levar um dos livros para ler em casa.

São cerca de 300 títulos, que Elias vem acumulando há alguns anos, muitos deles doados pelos clientes. Há enciclopédias, clássicos da literatura, livros didáticos e best-sellers como a saga Crepúsculo. Segundo o agricultor contou em entrevista ao O Liberal, de Americana (SP), cerca de 30 pessoas costumam alugar os livros.

Aos 47 anos, ele, que estudou até o ensino médio, diz que a leitura lhe garantiu mais conhecimento que o de muita gente com diploma universitário.

O agricultor não gosta do uso exagerado do computador, especialmente quando se trata de pesquisas escolares: para ele, os livros ainda são a melhor fonte de aprendizado.

Elias pede que quem aluga os livros os conserve como estavam, ou ainda que devolva com melhorias.

Seu objetivo é classificar a coleção por gênero literário, expandir o número de títulos e o espaço físico onde eles ficam guardados. “O resumo da vida é saber que você tem a vida e a morte. O espaço é tão curto quanto o conhecimento”, pondera.

 

Todas as imagens:Reprodução/O Liberal no YouTube

 

Mídia

Deixe um comentário

Receba nossas atualizações e notícas

Todos os direitos reservados Portal Cultura Alternativa. Site por Alvetti.com