Low cost chilena inaugura voos no Brasil

Low cost chilena, Sky Airlines

Low cost chilena inaugura voos no Brasil com aeronaves de impacto triplo: eficiente, seguro e sustentável

 

Low cost chilena, Sky Airlines

Nesta segunda-feira (05/11), começa a operar no Brasil a companhia aérea chilena Sky Airlines, com voo inaugural que sairá do Aeroporto Internacional de Santiago para o aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro.

A rota será operada cinco vezes por semana em aeronaves A320neo, que se destacam por incluir motores de nova geração e “sharklets” (dispositivos aerodinâmicos nas asas usados para melhorar a eficiência). Juntas, essas inovações economizam até 15% de combustível.

Além disso, a cabine é configurada com 186 poltronas disponíveis, permitindo transportar 21% mais passageiros em comparação com a frota atual, e projetar uma tarifa de até 20% abaixo no valor dos preços atuais.

O CEO da empresa, Holger Paulmann, disse à agenciaochile.cl que essas aeronaves significam um impacto positivo no meio ambiente, uma vez que cada aeronave diminui as emissões de CO2 em 30%; reduz o NOx em 50% (óxidos de nitrogênio que contribuem para a formação de smog e chuva ácida); e atenua em 50% a poluição acústica.

 

“A chegada da nova aeronave marca um feito na história da Sky, uma vez que nos torna a primeira companhia aérea de baixo custo com aeronaves de impacto triplo: eficiente, segura e sustentável.”

 

De acordo com Paulmann, o A320neo vai em sintonia com os padrões de sustentabilidade exigidos no mundo de hoje. “Cada vez mais é importante fazer parte das causas que movem as pessoas preocupadas em cuidar do meio ambiente.”

A inserção da Sky no Brasil está superando as expectativas da empresa. “Inicialmente pensávamos em publicar a oferta de voos a partir de dezembro deste ano, e fizemos tão bem que adiantamos a abertura da rota para novembro”, explicou o executivo.

Está nos planos da companhia operar com rotas permanentes. A exceção seria o voo para Florianópolis. “Este é um vôo que, no passado, fizemos exclusivamente com os operadores turísticos. Hoje nós fazemos isso através de vendas diretas. Com isso, obtivemos taxas que nunca alcançamos na rota Santiago-Florianópolis, abaixo de 50 US$ por trecho. Geralmente esse preço era sobre o US$ 400, ida e volta, conclui Holger Paulmann.

De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), a autorização operacional da Sky Airlines prevê cinco voos semanais. Até o primeiro trimestre de 2019, há operações planejadas para os terminais de Guarulhos e para o aeroporto de Florianópolis.

 

Novas exigências do Governo do Chile para viajar para a Ilha de Páscoa