All for Joomla All for Webmasters

‘O MOTORISTA DE TAXI’ – Filme escolhido para representar a Coréia no Oscar 2018

'O MOTORISTA DE TAXI''O MOTORISTA DE TAXI'

O MOTORISTA DE TAXI  uma história poderosa, acontecida em 1980, um taxista azarado de Seul é contratado por um jornalista estrangeiro que quer ir para a cidade de Gwangju para passar o dia.

Ao chegar, encontram a cidade tomada pelo governo militar, com os cidadãos, liderados por um grupo de estudantes determinados, se rebela pedindo liberdade.

O que começou com uma corrida de taxi simples se torna em uma luta de vida ou morte no meio da Revolta de Gwangju, evento crítico na moderna Coréia do Sul.

Maio de 1980. Um taxista de Seul chamado Man-Seob (Song Kang-ho) recebe uma oferta muito boa para ser verdade. Se ele levar um passageiro estrangeiro de Seul para a cidade de Gwangju e voltar antes do fim do expediente, ele vai receber a impensável quantia de 100.00 won – o suficiente para cobrir diversos meses de aluguel atrasado. Sem fazer nenhuma pergunta, ele leva o repórter alemão Peter (Thomas Kretschmann) e cai na estrada.

Embora parado por um bloqueio policial na fronteira de Gwangju, Man-Seob está desesperado para receber pela corrida, e eventualmente consegue encontrar uma maneira de entrar na cidade. Lá, eles encontram estudantes e cidadãos comuns envolvidos em uma grande manifestação contra o governo.

Man-seob, alarmado pelo perigo que paira, pede a Peter que voltem rapidamente a Seul. Mas Peter o ignora, e, com a ajuda do estudante universitário Jae-sik (Ryu Jun-yeol), começa a filmar com sua câmera.

Conforme o tempo passa, a situação fica cada vez mais séria, e Man-seob fica pensando em sua jovem filha que está sozinha em casa.

DECLARAÇÃO DO DIRETOR
Esse filme se origina na história do jornalista Jüren Hinzpeter, que cobriu a Revolta de Gwangju de 1970, e no taxista coreano Kim Sa-bok, que o levou de Seul a Gwangju.
Estaria mentindo se dissesse que não senti pressão em retratar esse evento que deixou tão grande cicatriz na história contemporânea da Coreia do Sul. Eu me perguntei: “Posso realmente retratar um evento tão grande na tela de maneira efetiva, sem o desvalorizar?”
A despeito de minhas preocupações, o que me puxou para dentro da história de TAXI DRIVER foram os dois personagens principais, Man-seob e Peter. Em 1980, Jüren Hinzpeter estava trabalhando como correspondente estrangeiro em Tóquio.
Mas, quando ouviu sobre a situação na Coréia, ele veio sem hesitação cobrir os eventos em Gwangju. O que o fez percorrer toda a distância até Gwangju? E sobre o motorista de taxi comum que o levou até lá, pelo que ele já passou?
Queria retratar o passado como refletido nos olhos de um motorista de taxi que começa a sentir a mudança em si mesmo. E eu queria retratar a história não como um grande processo modelado por grandes personagens, mas como uma culminação de muitas pequenas decisões e escolhas corajosas feitas por pessoas comuns – não como um mural gigante, mas como uma miniatura vista bem de perto. Espero que o público assista o filme como se estivesse a bordo do taxi de Man-seob, ouvido as histórias das pessoas daquela época, e entendendo que as histórias não são tão diferentes das nossas próprias.
O MOTORISTA DE TAXI é uma história ‘daquele dia’ vista através dos olhos de dois personagens de fora, um jornalista e um taxista de Seul. E, finalmente, é a história de uma pessoa comum que, a despeito das situações perigosas que ele encontra, ele está determinado a seguir fazendo seu trabalho até o fim.
Jang Hoon
Direção: Jang Hun
Elenco: Song Kang-ho, Thomas Kretschmann, Yoo  Hae-jin
Gênero: Drama
País: Coréia do Sul
Ano: 2017
Duração: 138 min
Classificação: 14 anos
Comentários abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *