Pontos turísticos da cidade de Manaus

Manaus

Manaus você conhece ?

Cultura, praia, fé, fenômenos naturais destacam cidade como potencial turístico do País

Um dos maiores destinos de turistas da Amazônia, Manaus recebe boa parte dos visitantes por meio de cruzeiros, pelo rio Amazonas.

Neste ano, de acordo com a prefeitura, cinco navios cruzeiros devem atracar no porto da cidade somente em janeiro, com mais de cinco mil turistas.

Confira as principais atrações turísticas da cidade:

Teatro Amazonas

Construção inaugurada em 1896, conta com uma cúpula composta de 36 mil peças de escamas em cerâmica esmaltada e telhas vitrificadas, representando a bandeira brasileira. A capacidade da plateia e dos três andares de camarote é para 701 pessoas. Sedia anualmente o Festival Amazonas de Ópera.

A capacidade da plateia e dos três andares de camarote é para 701 pessoas.

Encontro das Águas

O fenômeno natural ocorre em uma extensão de mais de 10 km e se dá na junção dos rios Negro e Solimões, o primeiro com água escura e o segundo de água barrenta. A confluência ocorre pela diferença de velocidade das correntezas e de temperatura das águas, além da densidade.

Fenômeno natural ocorre em uma extensão de mais de 10 km

Catedral Metropolitana de Manaus

Construção rústica, a Matriz de N. Srª. da Conceição foi construída em 1695 por missionários carmelitas. Primeira grande obra arquitetônica realizada na cidade, teve suas instalações ampliadas por Manoel da Gama Lobo D’Almada, então presidente da Província.

Em 1850, a igreja foi completamente destruída por um incêndio. O prédio atual foi inaugurado em 1878.

O prédio atual foi inaugurado em 1878

Bosque da Ciência

Com a união entre o entretenimento e o conhecimento, está nas dependências do Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (Inpa), área urbana de Manaus. São aproximadamente 13 hectares de área, casa para peixes-boi, ariranhas e quelônios. Há ainda a possibilidade de passeio em trilhas.

São aproximadamente 13 hectares de área, casa para peixes-boi, ariranhas e quelônios.

Centro de Instrução de Guerra na Selva

É a segunda atração mais visitada em Manaus. Aberto ao público em 1967, foi criada pelo Exército Brasileiro, que segue até hoje na administração. Em seu acervo há 162 animais amazônicos brasileiros distribuídos em 56 espécies, das quais várias estão enquadradas nas diversas categorias do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) de ameaça de extinção no restante do Brasil.

Em seu acervo há 162 animais amazônicos brasileiros distribuídos em 56 espécies

Mercado Municipal Adolpho Lisboa

Inaugurada em 1883, a construção de frente ao rio Negro é um dos destaques mundiais da arquitetura de ferro. Sua vasta variedade de espécies de peixes de água doce, de frutas, legumes e especiarias faz do local um dos mais importantes centros de comercialização de produtos típicos da Região Amazônica.

Construção de frente ao Rio Negro é um dos destaques mundiais da arquitetura de ferro

Parque Cidade da Criança

Com cursos e oficinas, o espaço se consolidou no oferecimento de arte, conhecimento e entretenimento para o público infantil. O lúdico está presente às crianças e famílias em programações ricas, recheadas de atividades artístico-culturais, como teatro de fantoches, cinema, dança e música.

 O lúdico está presente às crianças e famílias em programações ricas

Jardim Botânico Adolpho Ducke

São cerca de 3 km de acesso a diferentes ecossistemas da Reserva Florestal Adolpho Ducke. As trilhas ecológicas deste que é um dos maiores jardins botânicos do Brasil permitem aos visitantes o contato com espécies de árvores como angelim-pedra, tachi, castanha-de-macaco e acariquara.

Trilhas permitem aos visitantes o contato com espécies de árvores

Museu da Cidade – Paço da Liberdade

No Centro Histórico de Manaus, foi uma das primeiras construções de características arquitetônicas neoclássicas. O prédio abrigou, em 1879, o Governo Provincial e passou a sediar a administração do Governo Republicano após a proclamação. Há apenas um andar, mas amplas salas abrigam exposições temporárias e permanentes.

Em apenas um andar amplas salas abrigam exposições temporárias e permanentes

Praia do Tupé

Na Zona Rural de Manaus, à margem esquerda do rio Negro, tem entre agosto e março a melhor época para visitação. Nestas areias vivem famílias indígenas, receptivas a participação de turistas a seus costumes, com convites por exemplo aos rituais de dança. Em caso de seca forte, a praia pode ser isolada.

Em caso de seca forte a Praia do Tupé pode ser isolada

Fonte: Governo do Brasil, com informações da Manauscult Ministério do Turismo

Fotos Divulgação/ Manauscult

Comentários 2

Indo a Manaus aproveite as dicas do Cultura Alternativa

Dicas sobre a gastronomia de Manaus por Renato Henriques de Souza

 

Restaurante Choupana – Manaus-AM