All for Joomla All for Webmasters

Aquiles França – Por trás de carnes e pães sempre existe um grande chefe

Aquiles Franca

O chefe Aquiles França começou sua história muito cedo, desde pequeno tinha interesse em buscar novos desafios, uma inquietação que herdou da mãe, que sempre estava em busca de novas fontes para aumentar a renda da família.

 

“Ela é a verdadeira empreendedora da casa, já fez de tudo um pouco, salgados para vender, roupas, entre outras coisas. E isso foi minha inspiração, essa capacidade que ela tem de desenvolver e criar alternativas me inspira na cozinha. Dona Socorro, muitas vezes, é o meu maior laboratório”, conta ele.



Como a família sempre foi sua maior referência, outra pessoa que deu um empurrãozinho foi sua madrinha. Ela, que é verdadeira apreciadora de boas receitas, fez com que Aquiles buscasse o conhecimento da alta gastronomia para agradá-la.

 

E assim começou a trilhar seu caminho, de uma forma natural e bem simples. E como nunca teve dúvidas de que cozinhar era seu dom, quando chegou a hora de entrar na faculdade, optou pelo curso de gastronomia.

Aos 18 anos, iniciou o curso de gastronomia na faculdade IESB.  “Como sempre soube o caminho que eu queria seguir no campo universitário, logo virei referência para os amigos e onde eu fosse tinha que cozinhar. Para mim isso sempre foi um prazer e a certeza de que tinha feito a escolha certa.

 

Como não consigo ficar parado, estar presente em vários lugares e poder cozinhar é uma verdadeira satisfação”, explica.

 

Aquiles França – Por trás de carnes e pães sempre existe um grande chefe

Aquiles Franca

 

Em 2013, com apenas 20 anos, se formou, em seguida fez uma especialização em cozinha Argentina, no Instituto Argentino de Gastronomia, e aí iniciava sua carreira profissionalmente.

Após passar por alguns restaurantes da capital federal, em 2016, abriu seu próprio negócio ao lado do amigo Júnior Tadayoshi. O local escolhido foi uma loja na praça Coronel Salviano Guimarães, localizada em Planaltina, e então surgia a 389 Burger.

 

A dupla enfrentou várias dificuldades, colocaram a mão na massa na reforma do local e investiram todas as suas economias. Uma curiosidade: o nome 389 não foi por acaso, uma ideia de Júnior para homenagear Planaltina, que surgiu de uma observação ao prefixo dos telefones da cidade, os números 3389.

Em 2017, novos horizontes e mais um grande passo, Aquiles e Júnior se associaram a mais três empreendedores Ramon Teles, José Wilson e Thales Castro. A partir daí os negócios só cresceram, novas lojas foram inauguradas, uma em Sobradinho e outra em Formosa, e muito ainda estar por vir!

 

O grupo já está se preparando para franquear a marca, num planejamento bem adiantado e que deve se concretizar ainda no segundo semestre de 2018.

 

“Recebemos várias propostas para abrir novos pontos, foi então que os sócios resolveram desenvolver o projeto de franquias, com pessoas interessadas em levar hamburgueria para Águas Claras e Sudoeste.

 

Tudo resultado de muito esforço e profissionalismo. Mantemos o negócio de forma muito profissional, com regras bem definidas, onde cada sócio te m uma função especifica. A minha no caso é a criação de produtos e a inspeção de qualidade na rotina de saída dos mesmos”, finaliza.



Processo criativo e produção artesanal


O gosto pelo hambúrguer já é de longa data, antes mesmo da iguaria virar uma febre. Foram muitas pesquisas e troca de informações sobre o assunto. Alguns cursos sobre carne, na Argentina, trouxeram uma importante referência sobre o que o chefe classifica ser a verdadeira carne especial.

 

E é esse o DNA de cada hambúrguer gourmet criado para o cardápio da 389 Burger. A busca por ingredientes é incessante, tudo pode virar uma boa comida, desde o tempero mais improvável a uma fruta com características únicas.

Pensando em um diferencial, o chefe faz questão de produzir artesanalmente o pão, a carne e até a maionese que é servida para os clientes. Uma tarefa difícil, mas que traz recompensas e torna os sanduíches da casa inconfundíveis, com sabores que só podem ser degustados por lá.

 

“Eu sempre tentei fazer de tudo, sempre usando ingrediente alta qualidade para que o produto final seja único. Temos cumprido esse desafio e melhorado cada vez mais” conclui.