#Segunda sem carne: Saiba como fazer hambúrguer de quinoa.

A campanha “Segunda sem carne” foi criada para incentivar a população a reduzir o consumo de alimentos de origem animal.

Segunda sem Carne

O prato de hoje Hambúrguer de quinoa.

A ideia é não consumir carne em pelo menos um dia da semana. Além da mudança de hábito ser benéfica ao meio ambiente, também traz vantagens à saúde segundo estudo da Organização das Nações Unidas.

 

 

O prato é: Hambúrguer de quinoa

Ingredientes:

– 1 xícara de chá de quinoa mista cozida (sempre deixamos de molho de um dia pro outro e depois fervemos em água por 6 minutos, escorremos em água pra parar o cozimento e reservamos)

– 1 berinjela cozida

– 1 bata doce cozida e sem casca

– Sal

– Pimenta-do-reino moída na hora

– Óleo de coco

Modo de preparo:

1. Em um processador coloque a berinjela e a batata doce e processe até ficar em pedacinhos e quase virar uma pasta

2. Transfira para uma vasilha, adicione a quinoa o coentro e misture bem, agora coloque 2 colheres de sopa de óleo de coco, o coentro e a cenoura e misture, coloque sal e pimenta-do-reino

3. Leve uma frigideira a fogo brando e adicione uma colher de chá de óleo de coco

 

 

FONTE CICLO VIVO

 

Outras receitas

Risotto de Alecrim e Limão

 

 

No site Segunda sem Carne fornece muitas receitas e esclarece sobre a campanha.

Segunda-feira é mundialmente conhecido como o dia para mudanças, dia para tomarmos decisões, começarmos transformações e novidades. Que tal tentar algo que trará um enorme benefício para todos?!

A Campanha Segunda Sem Carne se propõe a conscientizar as pessoas sobre os impactos que o uso de produtos de origem animal* para alimentação tem sobre  os animais, a sociedade, a saúde humana e  o planeta, convidando-as a tirá-los do prato pelo menos uma vez por semana e a descobrir novos sabores.

Existente em 35 países, como nos Estados Unidos e no Reino Unido (onde é encabeçada pelo ex-Beatle Paul McCartney) e apoiada por inúmeros líderes internacionais, a campanha foi lançada em São Paulo em outubro de 2009 numa parceria da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) com a Secretaria do Verde e Meio Ambiente (SVMA) da prefeitura, posteriormente estendendo-se a várias outras cidades brasileiras.

Um dos desdobramentos da adesão ao movimento é a implementação da Alimentação Escolar Vegetariana. Desde 2011, os alunos da rede pública do município de São Paulo têm acesso à refeições 100% livres de produtos animais, trazendo grande impacto positivo.

A fim de facilitar a adoção deste hábito, a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) fornece aqui receitas saborosas, dicas de nutrição, notícias e informações qualificadas a respeito das razões éticas, ambientais e de saúde para passar essa ideia adiante.