Show com o grupo Vozes Bugra

Show com o grupo Vozes Bugras

Show com o grupo Vozes Bugras celebra a riqueza das matrizes africanas na Casa-Museu Ema Klabin

No repertório mitos, lendas e músicas que exaltam os sincretismos na luta contra a escravidão no período colonial

O grupo Vozes Bugras apresenta o show Motumbá pelo  programa Tardes Musicais da Casa-Museu Ema Klabin, no próximo dia 12 de maio, às 16h30, com entrada franca. No show, o grupo formado pelas musicistas  Anabel Andrés, Anunciação Rosa, Cássia Maria, Célia Gomes, Lucimara Bispo, Tiane Tessaroto e Ully Costa reverenciam a matriz musical africana da cultura brasileira.


De acordo com as musicistas, a palavra  Motumbá, que nomeia o show, “é um pedido de benção entre os nagôs (língua yorubá), trata-se de uma elegia à ancestralidade originária da Mãe África, em cujas vozes ressoam a liberdade, a coragem e a sabedoria”.
Conheça o polo cultural mais charmoso de São Paulo:

Projeto do engenheiro-arquiteto Alfredo Ernesto Becker, a Casa-Museu Ema Klabin teve como inspiração o Palácio de Sanssouci, em Potsdam, Alemanha. A casa-museu reúne mais de 1.500 obras, entre pinturas do russo Marc Chagall e do holandês Frans Post, dos modernistas brasileiros Tarsila do Amaral, Di Cavalcanti, Portinari e Lasar Segal; talhas do mineiro Mestre Valentim, mobiliário de época, peças arqueológicas e decorativas.

O espaço cultural abre de quarta a domingo, das 14h às 17h (com permanência até às 18h), sem agendamento. Aos finais de semana e feriados a visita tem entrada franca. Nos outros dias, o ingresso custa R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia).

Show com o grupo Vozes Bugras


Serviço:
Programa Tardes Musicais: Show do  grupo Vozes Bugras – Motumbá
Data: 12  de maio – sábado
Horário: 16h30 às 18h
Entrada Franca
170 lugares
Visita ao acervo a partir das 14h – Gratuito aos finais de semana.
Fundação Ema Klabin
Endereço: Rua Portugal, 43, Jardim Europa – São Paulo.
Ouça: https://www.youtube.com/watch?v=cNViUJe75D8
Repertório

Suite cabocla – Tatá / Pai Euclides; Papai Curumiaçu, Mamãe Curumiari /  Jurema

Vozes Bugras – Anabel Andrés

Lenda do Candombe – D.P.

Ia Cacundê – Quilombo Mato do Tição – MG

Mito de Oxum – D.P.

Canto de Oxum – tradicional Umbanda

Santos Negros – Cássia Maria

No Okan do meu Abatá – Lucimara Bispo e Anabel Andrés

Tao Berimbau – Anabel Andrés

Maria 12 homens – Cássia Maria

Gira das ervas – Luhli e Lucina

Benzedeira (narração)

Canto e Danço pra curar – Mateus Aleluia / Dadinho

Embala eu – Albaleria

Senimbu e Calolé – D. Edith do prato