Portuguese English Spanish
Segunda, 27 Novembro 2017 09:36

Os locais de mergulho favoritos de Jacques Cousteau

Nascido em 1910, Jacques-Yves Cousteau se tornou um dos nomes mais conhecidos quando o assunto é aventura no oceano.

Com uma carreira de oficial da marinha, documentarista e aventureiro, o francês, além de ter produzido mais de 20 filmes, é tema de um novo longa chamado A Odisseia (tradução livre) – que deve chegar aos cinemas no Reino Unido em 18 de agosto e ainda está sem data para o Brasil.

O novo filme inspirou o jornal britânico The Guardian a apresentar alguns dos locais favoritos de Cousteau para mergulho – lista que, com certeza, conta com indicações imperdíveis. Confira a seguir.

 

SIDAPAN, MALÁSIA

Esta ilha foi usada por Cousteau em seu documentário de 1989 chamado The Ghost of the Sea Turtle. Na ocasião, ele declarou: "Nós encontramos uma peça de arte intocada". Com abundância de tartarugas, a região conta com mais de 3 mil espécies marinhas em uma colônia de corais vivos que crescem no topo de um cone vulcânico. Por conta das correntes fortes, é preciso ter experiência.

 

ALIWAL SHOALS, ÁFRICA DO SUL

Localizada quase a cinco quilômetros da costa – e com chances de grandes ondas pelo trajeto –, a região de Aliwal Shoals não é indicada para quem tiver estômago fraco. Quem chegar ao local, no entanto, terá ótimas recompensas, sobretudo durante a época de migração de sardinhas, que acontece entre julho e setembro e permite o contato com hordas de atum, golfinhos, baleias e tubarões. Também se destaca a presença de animais como tubarão-cinza e tubarão-tigre.

 

MAR DE CORTEZ, MÉXICO

Tubarões-baleia, peixes manta, golfinhos e, durante fevereiro a abril, baleias cinzentas são alguns dos motivos que tornam o mar de Cortez um dos locais favoritos de Cousteau.

 

SHAAB RUMI, SUDÃO

Localizada ao sul de locais de mergulho conhecidos do Sinai, o Sudão oferece mergulhos excelentes e inexplorados. Cousteau escolheu o local para suas experiências em vida subaquática que apareceram no filme World Without Sun, de 1964. As correntes acentuadas da área trazem enormes quantidades de peixes, além de tubarões.

 

CORON BAY, FILIPINAS

Para Cousteau, as ilhas Palawan do norte são "o último grande deserto" e o cenário foi utilizado no filme The Last Refuge (1992). A atração principal é Coron Bay, onde uma frota japonesa inteira foi afundada por ataques aéreos dos Estados Unidos em 1944. A base de Sangat é um dos destaques: uma ilha desabitada com um resort de mergulho perto de todas as áreas de naufrágio.

 

*Fonte: The Guardian

 

Deixe um comentário

Receba nossas atualizações e notícas

Todos os direitos reservados Portal Cultura Alternativa. Site por Alvetti.com