Portuguese English Spanish
Segunda, 20 Novembro 2017 09:55

Os parques e jardins mais belos da Europa

Os parques e jardins mais belos da Europa Palácio de Versalhes

Dos ostentativos parques renascentistas e barrocos até o "urban gardening", passando pela gentil arte da jardinagem inglesa: a paixão de configurar novas paisagens tem inúmeras facetas na Europa.

 

Flores, chá e bolinhos à inglesa

A Inglaterra é uma nação fanática por jardins. Em Londres e outras cidades, também do País de Gales, a cada verão centenas de propriedades particulares abrem seus jardins à visitação, muitas vezes com acompanhamento de chá e bolinhos. A entrada de algumas libras esterlinas serve a uma boa causa, pois reverte para a manutenção dos espaços. Uma ideia que fez escola em outras partes da Europa.

Cranbrook: Sissinghurst Castle

O Sissinghurst Castle, em Cranbrook, no condado de Kent, é um dos mais famosos jardins da Europa. A escritora Vita Sackville-West criou em 1930, junto com o marido, o espaço que até hoje dita estilo. Com elegância, seus dez diferentes ambientes combinam sensualidade e rigor formal. Entre os mais apreciados está o "Jardim Branco": Sackville queria poder vislumbrar suas flores também à noite.

Versalhes, o jardim do palácio

O Palácio de Versalhes, na França, é um dos maiores do continente. Seu jardim barroco serviu como modelo para muitos outros monarcas europeus. André Le Nôtre, o jardineiro de Luís 14, conta entre os paisagistas mais importantes de todos os tempos, e Versalhes foi sua obra-prima. As formas rigorosas simbolizam o triunfo da razão humana sobre a natureza selvagem: um monumento verde de poder.

Villandry, arte florida no Loire

Apelidada "Jardim da França", a área verde do palácio renascentista Villandry, no vale do Loire, é uma das mais visitadas do país. Foi criada em 1906, quando parques de aspecto natural ditavam moda. Mas o ídolo do proprietário era o mestre da linguagem das formas André le Nôtre: em três níveis distintos, canteiros de flores e de legumes compõem um mosaico geométrico em perfeita harmonia de cores.

Hannover: Jardins de Herrenhausen

Núcleo histórico dos Jardins de Herrenhausen, na Baixa Saxônia, o Grosse Garten é a única área verde barroca da Alemanha preservada no estado original. E só porque os reis de Hannover não ligavam para seus jardins: de 1714 a 1832, enquanto reinavam na Inglaterra, eles economizavam em casa. Assim, em vez dos jardins-paisagens naturais da moda, em Hannover tudo permaneceu como antigamente.

Fonte dw. 

 

Deixe um comentário

Receba nossas atualizações e notícas

Todos os direitos reservados Portal Cultura Alternativa. Site por Alvetti.com