All for Joomla All for Webmasters

Vai sair de férias? Dicas para viajar com o Pet

Conhecer os locais que aceitam o bichinho de estimação ajudam tornar a viagem mais tranquila para toda a família

Na hora de programar-se para uma viagem de férias, todas as pessoas que tem um animal de estimação precisam providenciar

Com antecedência, um check-up com um veterinário e conhecer as condições do local de destino para evitar aborrecimentos.

Aceitar ou não um pet em hotel ou pousada, camping ou mesmo casa alugada não é uma obrigação, por isso esta alerta sobre os cuidados na hora de levar os bichinhos para aproveitar as férias com a família.

Dicas para viajar com o Pet

Confira as regras de viagem com os animais domésticos:

Desde 2004, gatos e cachorros também podem ter passaportes, sem a necessidade de remissão ou renovação

Além de substituir o Certificado Veterinário Internacional (CVI), que deve ser reemitido a cada viagem.

Por outro lado, o certificado é aceito em, praticamente, todo o mundo, enquanto o passaporte só vale dentro do Brasil e nos países do Mercosul.

Se a viagem for de ônibus, é necessário comprar a passagem do animal seguindo regras livremente oferecidas pelas empresas.

É necessário levar o atestado de saúde em mãos e uma caixa de transporte adequada ao tamanho do animal, que deve ser acomodado ao lado na poltrona.

Para evitar desconforto, é recomendado conceder uma alimentação leve para o animal antes do embarque e assegurar uma quantidade de água suficiente.

Já de avião, se o animal for de pequeno porte (deve ter mais de 4 meses de idade e pesar menos de 10 kg), pode ir na cabine, na caixa de transporte apropriada.

O valor da passagem, normalmente, é calculado conforme o valor do bilhete e o peso do pet.

Para o embarque, é necessário ver as regras para embarque de animais na companhia aérea que irá voar.

Como a maioria dos portos proíbe o embarque e o desembarque de animais de estimação

E como os navios não possuem estrutura adequada para atendê-los, não é permitido viajar com seu melhor amigo a bordo de cruzeiros, exceto os cães guias.

Comentários abaixo: