2º Concurso DL de Poesias

Mais de 400 poesias já estão na lista das que serão apreciadas pelos jurados.

 

Objetivo do concurso é estimular novos poetas e descobrir talentos

Mais de 400 poesias já estão na lista das que serão apreciadas pelos jurados no 2º Concurso DL de Poesias que continua com as inscrições abertas até o dia 18 de maio.As poesias estão chegando das mais diferentes cidades do Brasil, segundo informou a coordenadora do projeto, Vanessa Ratton, que tem a responsabilidade de pré-selecionar o material encaminhado.O objetivo do concurso, de acordo com a editora-chefe doDiário do Litoral, Tatyane Casemiro, é estimular novos poetas e descobrir talentos. “Nossa expectativa é a de que possamos manter a mesma qualidade das poesias da primeira edição do concurso, na qual, segundo os próprios jurados, foi difícil decidir pelos três primeiros lugares, uma vez que tivemos belos trabalhos inscritos”.O diretor de Marketing do DL, Liberado Junior, afirma que uma das finalidades do concurso é o de manter os leitores sempre próximos. “Por isso, retomamos o concurso cultural que foi considerado um grande sucesso no ano passado”.

1º DL Poesia contou com mais de 300 poesias (Foto: Luiz Torres/DL)

1º DL Poesia contou com mais de 300 poesias (Foto: Luiz Torres/DL)

Entenda o concursoSerão selecionadas 20 poesias para publicação no jornal e no portal do DL que concorrerão a prêmios em dinheiro, além de troféus e certificados. A premiação é de R$ 500 para o primeiro colocado; R$ 300 para o segundo e R$ 200 para o terceiro.O júri escolherá os finalistas e 50% da nota dos três primeiros colocados, sendo que os outros 50% ocorrerão através de votação dos leitores no site do jornal que poderão escolher as poesias preferidas.As inscrições são gratuitas e seguem até o dia 18 de maio, através de e-mail: poesia@ diariodolitoral.com.br em arquivo digitado em word, mencionado como assunto “Concurso de Poesias DL”. As inscrições que não vierem com todos os itens (poesia, minibiografia, endereço completo (com CEP) e-mail e telefone com DDD) serão automaticamente eliminadas. Os autores devem aguardar resposta por e-mail confirmando a sua participação.No ano passado, o concurso premiou o professor de Língua e Literatura do Centro de Educação de Jovens e Adultos (CEEJA), Paulo Franco, de Ribeirão Pires, em primeiro lugar pelo poema ‘Soneto de Amor Imperfeito’.