Alimentação da família no verão

Alimentação no verão

Alimentação no verão

Chegou fim de ano e com ele a estação mais esperada por muitos brasileiros: O VERÃO!!

Praia, mar, sol e toda empolgação de quem espera essa época do ano para apreciar as praias e delícias do litoral do Brasil. Mas será que junto com essa empolgação estão os cuidados e preocupações que ela também traz? O que de ruim o verão poderia trazer?

Bom além de desidratação, insolação devemos nos lembrar das viroses que acompanham esta estação. Sim, o verão é a estação que temos vários casos de virose e intoxicação alimentar; pois nesta época a alimentação de muitos brasileiros e turistas varia, sendo mais comum a alimentação fora de casa, o que aumenta o risco de intoxicação ou infecção por alimentos e água contaminados.

Alimentação no verão
Alimentação no verão

A intoxicação alimentar é causada por ingestão de alimentos e água contaminados por vírus, bactérias, fungos e outras substâncias tóxicas. Mas comum é a ingestão de alimentos contaminados com bactérias como por exemplo E. Coli e Salmonela.

Os sintomas variam do tipo de virose adquirida, sendo os mais comuns: dor abdominal, vômito e diarreia, sendo este último sintoma um dos mais preocupantes pois pode evoluir para uma desidratação. Mesmo as viroses sendo doenças autolimitadas (onde o próprio organismo se encarrega do combate) possui cuidados, principalmente para o público infantil e os idosos.

Alimentação no verão

Então como prevenir as viroses?

É importante ter bastante cuidado com a água e os alimentos consumidos, o calor deteriora os alimentos com mais facilidade. Preparações simples como saladas e sucos de frutas (como laranja e limão), se não passarem por um processo de higienização adequado podem causar a contaminação do consumidor.

Outro ponto de importância é evitar a desidratação, beba bastante água e água de coco, mas sempre com cuidado nesta ingestão. Nada de consumir água de torneira, bica e poços sem saber a procedência; prefira a ingestão de água mineral de garrafas e/ou copinhos lacrados.

Cuidado com os alimentos vendidos nas ruas e quiosques nas praias. Observem bem o local de consumo, a forma como o prato é entregue e onde seus alimentos são preparados. Se possível observem onde são preparados drinks e sucos.

Alimentação no verão, Segunda sem carne

Comidas “naturais” (como sanduíches e saladas de fruta) vendidos a beira mar, não são garantia de segurança alimentar. Prefira fazer em casa esses lanches mais leves; picolés, raspadinhas e acondicione-os em caixas térmicas; assim você garante a segurança do alimento preparado e consumido pela família.

No caso de quem vai comer na rua, especialmente com crianças e idosos, vale conhecer a cozinha. Verificar se o ambiente está limpo, verificar a higiene dos manipuladores de alimentos, verificar se tem unhas curtas e sem esmalte, cabelos presos na touca, uniformes limpos e se falam sobre os alimentos.

Alimentação no verão

Na estrada a caminho da praia, vale ter cuidado dobrado e preferir alimentos industrializados, como biscoitos e sucos pasteurizados. Uma dica ótima é levar no carro isopor com gelo e frutas lavadas. As castanhas são ótimas para a viagem toda! Além do chocolate que pode render uma energia extra para quem está dirigindo!

Uma dica simples: Frutas e saladas devem ser consumidas frios, temperatura (em torno de 5°C) e itens como espetinhos, pasteis e coxinhas devem ser consumidos quentes (acima de 60°C)

Alimentação no verão

Nossa sugestão de 3 super sucos que vão te oferecer saúde, hidratação e muito sabor!

1)      Laranja, morango e kiwi

       Suco de laranja: 300 ml

     Polpa de morango: 1 pacote de 100 g

     Kiwi: 100 gramas

Bata tudo e sirva com gelo!

2)      Água de coco, abacaxi, couve, maça verde, limão e hortelã

     Polpa de abacaxi: 100 gramas

     Maça verde congelada: 50 gramas

    Suco de limão: 30 ml

      Folha de couve congelada: 15 gramas

    Hortelã congelada: 15 gramas

    Água de coco: 300 ml

Bata tudo e sirva com gelo!

3)      Abacaxi e maracujá

     Água: 300 ml

       Polpa de abacaxi: 100 gramas

     Polpa de maracujá: 100 gramas

Bata tudo e sirva com gelo!