Tchello D’Barros encanta o mundo com sua arte

Artista multimídia Tchello d’Barros

Artista multimídia Tchello d’Barros

O artista multimídia brasileiro Tchello d’Barros (SC), atualmente vivendo no Rio de Janeiro, mas em sintonia com o Cultura Alternativa desde Santiago de Chile, onde cumpre agenda cultural, comemora o primeiro mês de 2020 com diversas obras e projetos circulando fora do Brasil.

Mal passou o réveillon e chega à informação de que foi publicado nos EUA um livro sobre seu trabalho com Poesia Visual. “Three Visual Poems” apresenta análises de seus poemas visuais, ensaio crítico e uma entrevista bilíngue, com organização da estadunidense Mary Duerksen (MFA na Steton University) e distribuição pela Burrow Press.

Em seguida, inicia jornada literária na capital chilena, no III Encuentro Internacional de Escritura Migrante, onde autografou seu recente livro “Cataclísmica”, abriu na Galeria Gran Refugio a 19ª itinerância de sua exposição de Poesia Visual “Convergências” (já exibida em Brasília – DF) e realiza a curadoria da Mostra Internacional de Arte Postal “No Meio do Caminho”, com cerca de 100 obras de artistas de 22 países.

Além disso, exibiu seus principais videoartes no Museo Gabriela Mistral e mediou uma mesa redonda sobre Poesia Contemporânea, além de dizer poemas em português e espanhol no Programa de TV Alma de Blues.

A confirmação seguinte foi a aceitação de uma obra fotográfica na exposição internacional “Retratos com Sombrero”, no Studio d’Arte il Graffiacielo, em San Giovanno Valdano, na Itália, um projeto multimídia iniciado em janeiro e que já passou pelas etapas de exibição de fotografias e vídeo e em breve acontecerá a exposição física.

Além disso, Tchello é o representante do Brasil no arrojado projeto expositivo “Scriveri Disegnando”, no Centre d’Art Contemporain, em Genebra na Suíça, onde está expondo criações junto a nomes como Ana Hatherly, Jean Dubuffet e León Ferrari, uma retrospectiva mundial de obras que são interfaces entre Escrita e Artes Visuais, com ênfase em Poesia Experimental. A mostra segue até maio 2020.

Para o retorno ao Brasil, neste primeiro semestre já estão previstas participações com textos em Prosa e Poesia em pelo menos 6 novas coletâneas em editoras brasileiras diversas, participações em 3 exposições coletivas e exibição de seus curtas no Psiu Poético Beagá, entre outras iniciativas a se confirmar.

Mas um fato marcante será sem dúvidas a apresentação do pós-doutoramento (realizado pela Prof.ª Drª. Renata Barcellos) “A Poesia Visual de Tchello d’Barros” que tem sua produção em Poesia Visual como objeto de pesquisa, por parte da Pós-graduação da prestigiada Faculdade de Letras da UFRJ. No mais será a agenda de sempre, soltando o verbo nos saraus de poesia pelo Rio, Brasil adentro e mudo afora.