Artistas plásticos levam alegria e conforto durante momentos difíceis

Dia do Artista Plástico

Dia do Artista Plástico, comemorado no dia 8 de maio


Dia do Artista Plástico, comemorado no dia 8 de maio, busca homenagear aqueles que atuam com pinturas e esculturas.

Levantamos algumas histórias de artistas goianos que inspiram por meio da arte

A arte pode ter uma relevância fundamental na transformação de ambientes e no combate a diversos transtornos que impactam diretamente a saúde mental.

Dia do Artista Plástico

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 11,5 milhões de brasileiros têm depressão e outros 18,5 milhões sofrem com ansiedade; números que podem ter sido agravados durante a pandemia.

Uma estratégia que contribui para um melhorar o estado de saúde e emocional das pessoas é a arte em suas diversas formas como música e artes plásticas, que transformam ambientes e criam espaços de descompressão, contemplação e relaxamento. 

Para o artista plástico e presidente da Associação Goiana de Artes Visuais (AGAV), Valdir Ferreira dos Santos, a arte tem um papel fundamental para amenizar o estresse e a tensão provocados pelo cotidiano.

“Não apenas as artes plásticas, mas também outras expressões de arte, como a música e a literatura, são importantes para a evolução humana em qualquer momento, principalmente em momentos de dificuldades, pois elas nos permitem olhar para nós mesmos e para o mundo e fazer do nosso imaginário um agente transformador”, destaca Valdir.

Com este entendimento, a AGAV e um grupo de artistas, em parceria com a Terral Incorporadora, se uniram para espalhar mais arte por Goiânia, por meio da exposição Ninhos Urbanos.

A iniciativa reuniu 66 artistas para pintar casinhas de passarinhos que serão instalados em um flamboyant na praça da T-23. A ação busca proporcionar bem-estar e positividade por meio de imagens e cores para quem mora ou transita pela região.

Dia do Artista Plástico

Diferentes formas de arte

Os artistas plásticos goianos Jullyanderson Carvalho e João Paulo Pigosso participaram da iniciativa com Tape Art, obra artística feita com fitas adesivas.

Os artistas trabalham juntos com esse tipo de arte desde 2017 e veem na arte uma forma de expressar sentimentos de forma mais lúdica e de se posicionar.

“Para mim, especificamente, foi uma forma de realização profissional e pessoal, uma maneira de me sentir preenchido de todas as formas”, destaca João Paulo, que antes de mergulhar no mundo da arte, formou-se em Nutrição pela Universidade Federal de Goiás (UFG).

“Percebi que, quando saí da faculdade, não era exatamente aquilo que eu amava. O João Paulo também atuava na área comercial e de vendas e não se sentia realizado. Foi aí que começamos a nos dedicar exclusivamente a essa modalidade desde 2017”, completa.