Atividades Aquáticas na Terceira Idade

Atividades Aquáticas na Terceira Idade

Atividades Aquáticas na Terceira Idade

 Movimentar o corpo na piscina traz inúmeros benefícios aos idosos; verão é momento ideal para estimular a prática

As altas temperaturas do verão são um apelo extra para atividades físicas na água, mas não apenas crianças e adultos podem se exercitar ou se divertir na piscina, os idosos também devem ser encorajados a aproveitar essa época do ano para fazer esse tipo de exercício de forma segura e prazerosa.

Com piscina aquecida e aulas semanais. As sessões de hidroterapia sob orientação de um fisioterapeuta, onde são executados diversos exercícios além da natação, como caminhadas na água, exercícios resistidos com acessórios (halteres, bolas, tornozeleiras, espaguetes, entre outros) para o fortalecimento de tronco, membros inferiores e superiores, para equilíbrio, condicionamento físico e cardiorrespiratório.

E as brincadeiras em jogos e atividades lúdicas, que colaboram para a socialização e é garantia de momentos de diversão.

O objetivo é prevenir e tratar algumas doenças, fazendo com que o idoso melhore cada vez mais sua capacidade funcional.

 “A empolgação deles é notável durante as atividades na piscina, pois compartilham lembranças, descobrem novas habilidades, superam desafios, firmam laços pessoais e, como consequência, ocorre um significativo aumento da autoestima”, completa o profissional.

Entre as frequentadoras assíduas das aulas na piscina estão Kalaik Sabbag Haddad, de 86 anos, que faz hidroginástica e fisioterapia para tratar uma artrose no joelho, e Regina Bellinazzi, de 91 anos, que reencontrou o prazer da natação, esporte praticado diariamente até os 80.


Atividades Aquáticas na Terceira Idade – Benefícios

São inúmeros os benefícios da natação para a terceira idade: melhora do condicionamento físico e cardiorrespiratório, proteção das articulações, melhora da capacidade cognitiva, maior socialização, redução do risco de quedas por favorecer o equilíbrio, melhora da autoestima, fortalecimento muscular, alívio das dores, melhora da circulação periférica, estimulação sensorial, tátil e proprioceptiva, além de melhora na qualidade do sono.


Atividades Aquáticas na Terceira Idade – Cuidados específicos

“Para a prática da hidroterapia, por definição da técnica, é importante que a piscina esteja aquecida a aproximadamente 34°C”, explica o fisioterapeuta.

Alguns benefícios do termo terapia com água aquecida são melhora do metabolismo, relaxamento muscular, redução da dor, de espasmos e da rigidez muscular.

Pessoas com osteoporose, embolia pulmonar, infecções pulmonares, miocardite, faringite, insuficiência arterial grave, diabéticos não controlados, febre e aneurismas precisam de liberação médica. Também são fundamentais cuidados como entrar e sair da piscina com segurança, não realizar exercícios rápidos e bruscos, além de adequação da atividade de acordo com o grau de funcionalidade do idoso.

ATIVIDADE FÍSICA NA TERCEIRA IDADE COMBATE DOENÇAS