Atividades Aquáticas na Terceira Idade

Atividades Aquáticas na Terceira Idade - Cultura Alternativa

Atividades Aquáticas na Terceira Idade

 Movimentar o corpo na piscina traz inúmeros benefícios aos idosos; verão é momento ideal para estimular a prática

As altas temperaturas do verão são um apelo extra para atividades físicas na água, mas não apenas crianças e adultos podem se exercitar ou se divertir na piscina, os idosos também devem ser encorajados a aproveitar essa época do ano para fazer esse tipo de exercício de forma segura e prazerosa.

Sobre o assunto

Falta de exercícios atinge mais mulheres do que homens

Inatividade física causa gastos de R$ 300 milhões ao SUS

Estudo realizado pela Universidade Federal Fluminense (UFF) constatou que o impacto econômico da inatividade física de brasileiros, em diferentes regiões do país, representa gastos no Sistema Único da Saúde (SUS) de cerca de R$ 300 milhões somente com internações, em valores de 2019.

O foco do trabalho se situou em pessoas maiores de 40 anos de idade, em função do volume de dados existentes. Buscou-se correlacionar os dados com os custos de tratamento no SUS, isto é, custos de hospitalização.

O levantamento envolveu uma equipe interdisciplinar de pesquisadores, coordenada pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia – (In) Atividade Física e Exercício da UFF – e foi feito em 2019, portanto, antes da pandemia do novo coronavírus.

No momento, está se buscando a atualização dos dados de 2020 para cá, por pesquisadores do Laboratório de Ciências do Exercício (Lace) e do Núcleo de Pesquisa em Indústria, Energia, Território e Inovação (Neiti) da UFF.


Atividades Aquáticas na Terceira Idade – Benefícios

São inúmeros os benefícios da natação para a terceira idade: melhora do condicionamento físico e cardiorrespiratório, proteção das articulações, melhora da capacidade cognitiva, maior socialização, redução do risco de quedas por favorecer o equilíbrio, melhora da autoestima, fortalecimento muscular, alívio das dores, melhora da circulação periférica, estimulação sensorial, tátil e proprioceptiva, além de melhora na qualidade do sono.


Atividades Aquáticas na Terceira Idade – Cuidados específicos

“Para a prática da hidroterapia, por definição da técnica, é importante que a piscina esteja aquecida a aproximadamente 34°C”, explica o fisioterapeuta.

Alguns benefícios do termo terapia com água aquecida são melhora do metabolismo, relaxamento muscular, redução da dor, de espasmos e da rigidez muscular.

Pessoas com osteoporose, embolia pulmonar, infecções pulmonares, miocardite, faringite, insuficiência arterial grave, diabéticos não controlados, febre e aneurismas precisam de liberação médica. Também são fundamentais cuidados como entrar e sair da piscina com segurança, não realizar exercícios rápidos e bruscos, além de adequação da atividade de acordo com o grau de funcionalidade do idoso.