Aumento do limite no Free Shop

Free Shop

Aumento do limite no Free Shop, o atual valor da cota nas lojas de US$ 500 por pessoa está em vigor desde 1991 e está obsoleto.

O limite para compras em free shops vai passar dos atuais US$ 500 para US$ 1.000 a partir de 1 de janeiro de 2020.

De acordo com o Valor Econômico, o objetivo é adequar a cota à inflação americana.

O governo federal vai dobrar o limite de compras em free shops de US$ 500 para US$ 1 mil. O anúncio foi feito pelo presidente Jair Bolsonaro em seu perfil do Twitter e, segundo ele, o decreto ainda está sendo “preparado para os próximos dias”.

O aumento da cota vale apenas para compras em free shops ou duty free shops, que geralmente ficam nas áreas de embarque e desembarque dos aeroportos. Para compras realizadas no exterior, o limite permanece US$ 500.

Quem viajar ao exterior poderá entrar nos aeroportos do país com US$ 1.500 ao todo: os US$ 500 da bagagem e US$ 1 mil em compras no free shop.

Mas há outra novidade, que envolve o Paraguai. O governo vai ampliar de US$ 300 para US$ 500 o valor máximo de mercadorias trazidas por pessoa vindas por via terrestre do país vizinho.

O governo estuda aumentar, dos atuais US$ 500 para US$ 1 mil, o limite de compras nos “free shops”. A ideia é atualizar, pela inflação americana, os valores praticados desde 1991 e ter uma oferta mais diversificada de produtos nas lojas francas, como aparelhos eletrônicos e celulares.

Dica do Free Shop

Uma dica muito boa é adquirir produtos no embarque, algo pouco difundido pelos turistas brasileiros.

Ao adquirir uma mercadoria na área de embarque dos aeroportos, por exemplo, não há limite ao viajante porem ao retornar ao Brasil as compras entraram na cota de mercadorias adquiridas no exterior.

redacao culturaRedação Cultura Alternativa

Vai viajar? Leia estas e outras dicas para sua viagem.