Bibi Ferreira: Morre a Grande Dama do Teatro Brasileiro

Bibi Ferreira

Bibi Ferreira: Morre a Grande Dama do Teatro Brasileiro

O ator Procópio Ferreira e a bailarina argentina Aída Izquierdo, eram os pais da notável Abigail Izquierdo Ferreira. Conhecida no mundo artístico como Bibi Ferreira, foi apresentadora de televisão, atriz, cantora, compositora e diretora brasileira, conhecida e considerada por todos como a Grande Diva do Teatro Brasileiro, morreu no início da tarde do dia 13 de fevereiro de 2019, vítima de uma parada cardíaca, aos 96 anos em seu apartamento no Flamengo.

Bibi Ferreira – Vida

Mulher de múltiplos talentos, fez sua estreia teatral com vinte dias de vida, na peça Manhãs de Sol, substituindo uma boneca que desaparecera antes do início do espetáculo. Passou a vida por entre as coxias dos teatros e os espetáculos em que seu pai participava. Depois, Bibi passou a viver só com a mãe, que foi trabalhar na Companhia Velasco, uma companhia de teatro de revista espanhola, após sua separação de Procópio.

Aprendeu espanhol, seu primeiro idioma até os quatro anos. Só veio aprender o idioma português e descobrir o seu grande amor pela ópera quando veio morar com o pai de volta ao Brasil. Tornou-se a atriz mirim mais festejada do Rio de Janeiro. Entrou para o Corpo de Baile do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, onde permaneceu até estrear na companhia do pai.

Bibi Ferreira – Profissão

A sua estreia profissional nos palcos aconteceu em 28 de fevereiro de 1941, quando interpretou “Mirandolina“, na peça La locandiera. Em 1944, montou sua própria companhia teatral, junto aos nomes mais importantes do teatro brasileiro da época, como Cacilda Becker, Maria Della Costa e a diretora Henriette Morineau.

Aprendeu canto com Noel Rosa e estudou teatro em Londres em 1942. Até hoje, era uma das artistas brasileiras com uma das carreiras mais longevas. Sempre ativa, vivia envolvida com espetáculos diferentes e em diversos projetos de muito sucesso. Tinha completado 77 anos de carreira exitosa, conquistando o respeito e consideração de todos os produtores, artistas e sendo reconhecida por seu público fiel como a maior Estrela do Teatro Brasileiro.

Em 1918, quando estava ensaiando um novo show dedicado ao cancioneiro de Dorival Caymmi, já com o repertório quase todo escolhido e sua banda começava a ensaiar, ela decidiu não mais se apresentar ao vivo.

Bibi Ferreira – Aposentadoria

Em setembro, Bibi anunciou sua aposentadoria dos palcos em uma nota oficial, disse que seguiria

uma vida mais reclusa, com a família e seus amigos mais íntimos, não estando mais disponível para entrevistas, mesmo por e-mail“.

Ela ganhou 25 prêmios de críticos da imprensa, da Rede Globo e do SBT, desde os anos 50 como atriz e animadora. Bibi foi casada seis vezes e teve uma única filha, Teresa Cristina. Em sua última nota oficial, um comunicado em que encerrava sua vida profissional, Bibi Ferreira agradeceu aos seus inúmeros fãs. “Nunca pensei em parar.

Essa palavra nunca fez parte do meu vocabulário, mas entender a vida é ser inteligente. Fui muito feliz com minha carreira. Eu me orgulho muito de tudo que fiz. Obrigada a todos que de alguma forma estiveram comigo, a todos que me assistiram, a todos que me acompanharam por anos e anos. Muito obrigada!”.

Wellington de Mello – Escritor, Redator, Publicitário, Designer Gráfico e Fotógrafo


Especial para o Cultura Alternativa