Bossa Nova – mais de uma década, sempre viva, sempre ativa…- Por Carlinho Motta

Violão Bossa Nova

Bossa Nova – mais de uma década, sempre viva, sempre ativa…- Por Carlinho Motta

 

“Bossa Nova é um movimento da música popular brasileira do final dos anos 50 lançado por João Gilberto, Tom Jobim, Vinícius de Moraes e jovens cantores e/ou compositores de classe média da zona sul carioca, derivado do samba e com forte influência do jazz. De início, o termo era apenas relativo a um novo modo de cantar e tocar samba naquela época, ou seja, a uma reformulação estética dentro do moderno samba carioca urbano. Com o passar dos anos, a Bossa Nova tornou-se um dos movimentos mais influentes da história da música popular brasileira, conhecido em todo o mundo, um grande exemplo disso é a música Garota de Ipanema composta em 1962 por Vinícius de Moraes e Antônio Carlos Jobim.”

(Texto extraído na fanpage do Circuito Carioca de Bossa Nova https://www.facebook.com/CircuitoCariocaDeBossaNova)

Muito já se fez, muito ainda por fazer e muito já está sendo feito para a Bossa Nova, um dos ritmos mais tocados no mundo, conhecido e reconhecido em qualquer canto deste planeta, agora começa uma nova fase.

Algumas casas em combinação com alguns produtores, entre eles o Otto Music Hall e a produtora Teresa Lanje, travam uma batalha conjunta para realizar um evento, o Circuito Carioca de Bossa Nova, trazendo ao público vários artistas, grupos, bandas, que se revezará em apresentações em aproximadamente oito casas de espetáculo na Cidade do Rio de Janeiro, já confirmadas, as casas Botlle’s, Brasserie Rosário, Santo Scenárium, Otto Music Hall, Julieta de Serpa, Cariocando e ainda duas à confirmar (uma ou outra).

Um projeto, uma proposta, que eu diria, ousada e que atrairá um grande número de pessoas às casas para reviver este movimento que começou nos anos 50, e que até hoje consagra a sua glória, com a turma da antiga e de novos talentos que está sempre surgindo, um público que se renova e cada vez mais jovem, encontram lugar neste movimento que, parece, não acaba nunca.

Algumas pessoas dizem, inclusive, que a Bossa Nova continua a mesma, que não há renovação em seu repertório, que sempre tocam as mesmas músicas, mas não é isso o que acontece, muitos compositores se encantam tanto com o tema que novas Bossas surgem a todo o momento, necessitando apenas que sejam mais divulgadas nos meios de comunicação, mas isso é um tema que merece um artigo exclusivo para tratá-lo.

Prevê-se que este Circuito aconteça entre os dias 15 de junho e 15 de julho de 2014, aproveitando a vinda de muitos turistas ao Brasil em função da Copa do Mundo, vamos torcer para que tudo se acerte e que este venha em grande estilo, mostrando que aqui foi criada a Bossa Nova e que temos muito o que mostrar.

Bem-vindo sejam todos que admiram que faz da Bossa Nova o seu ritmo, o seu modo de vida e sua forma escutar música de qualidade.

Carlinho Motta