Martins Fontes e Starbuck, um casamento perfeito

Caminhando por São Paulo - CULTURA ALTERNATIVA

Caminhando por São Paulo

Starbucks e Martins Fontes, um casamento perfeito

Sair caminhando pela Av. Cubatão, rua onde estou hospedado, depois, Alameda Santos e finalmente a famosa avenida das manifestações políticas, culturais, a intensa Av. Paulista.

Quando tive câncer, especificamente, o segundo de três, resolvi caminhar por Nova York de forma lenta e apreciando a arquitetura.

Fiz o mesmo hoje aqui e foi bastante interessante.

Caminhar lentamente

Caminhar lentamente é meditar, trabalhar o íntimo.

É passear pelas entranhas do pensamento, bem como, do corpo, é trafegar pelos sonhos, ideias e ideais.

Em Nova Iorque, as pessoas caminhavam rapidamente, me agrediam com palavras pedindo que eu caminhasse mais rápido do que o que meu coração mandava, e eu, de forma sacana, informava que tinha deficiência auditiva.

Caminhar lentamente é trabalhar a alma e contemplar uma vida mais calma e meditativa.

Caminhando por São Paulo

Martins fontes

A pandemia fez com que muitos lessem mais. Esse foi um dos pontos positivos e o outro o trabalho híbrido onde todos se modernizaram na tecnologia.

A Martins Fontes, situada na Av. Paulista, 509, Bela Vista, encanta, é poética, e mostra que o livro resgatou sua força.

Tem a beleza arquitetônica de uma biblioteca, é um convite à leitura e aquisição de livros.

Starbucks e Cafeterias Privadas

Caminhando a partir das 09h30, notamos que muitas cafeterias estavam fechadas, principalmente, as menores, artesanais, confesso que não entendi.

Mas, as Starbucks, estavam todas abertas e a mil por hora.

Essa é a cafeteria. Foi a primeira em que apreciamos o pão de queijo multi grãos e seu café sair absolutamente quente e incomensuravelmente gostoso.

Arquitetura

Tanto na Paulista, São Paulo, quanto em Nova Iorque, a arquitetura envolve arranha-céus e pessoas trabalhando a mil por hora.

As duas cidades não param, todas duas são voltadas para o trabalho e a produção, em sendo assim, as pessoas que caminham nas calçadas têm pressa e determinação.

Mendigos e Homeless

Todas duas são selvas de pedra. Cada vez mais mendigos ocupam as ruas, neste período pós pandemia, temos visto um número sem igual de pessoas que perderam o poder aquisitivo.

Mas, São Paulo é muito melhor que o Rio de Janeiro.

Essa está devassada neste quesito. Em outro artigo falaremos da cidade maravilhosa.

Visão Cultura Alternativa

Que passeio macro, emotivo e norteado de ideias e ideais.

Caminhar, sem ter que andar no deplorável Uber ou táxi, é incrível.

Obviamente que tiramos o relógio e escondermos o celular, mas, é gostoso demais sentir a arquitetura e o sabor, bem como, o ritmo de uma cidade.

Anand Rao

Editor Chefe

Cultura Alternativa

Cultura Alternativa