CHORINHO E OUTRAS RIQUEZAS, por Paulo Lima

Chorinho e outras riquezas

CHORINHO E OUTRAS RIQUEZAS

Um grupo de choro com violino. Sem flauta, sem bandolim. Essa eu quero ver. E vi. O Fios de Choro fez uma apresentação no Sesc Consolação, na qual mostrou que tudo é possível na música, se feito com graça e talento.

Os muitos fios musicais tecidos pelos quatro instrumentistas desfiaram um longo novelo que incluiu não apenas o choro, mas os ritmos pernambucanos, como o frevo e o maracatu, e ainda o forró.

Formado em 2015, em São Paulo, o Fios do Choro, que já gravou o CD “Pega ladrão”, pegou a estrada e foi pesquisar a rica paisagem musical de Pernambuco, daí resultando na mistura de gêneros e ritmos que seus integrantes executam com muita beleza.

No centro do grupo, a excepcional violinista Wanessa Dourado dá uma cor especial aos arranjos. De formação erudita, ela brilha a cada interpretação, acompanhada por João Pellegrini no violão de 7 cordas, Lincoln Pontes no cavaco, e Allan Gaia Pio no pandeiro.

Os quatro músicos mantêm uma sintonia impecável, numa performance dividida em três partes – choro, ritmos pernambucanos e forró – que eletrizou a plateia do começo ao fim.

Ao final, um fã resumiu tudo: “Esse é o Brasil!”, no que foi aclamado. Talvez pudéssemos completar: esse é o Brasil que conta e que faz nossa grandeza cultural.

Link: 


Paulo Lima ✔ Por Paulo Lima
👉 acesse os –
Artigos de Paulo Lima no Cultura Alternativa