Grandes escritores que mudaram a história da literatura moderna

Escritores negros dos tempos modernos

Escritores negros dos tempos modernos


Que tal ler um bom livro ou poema?


Abaixo uma lista com alguns dos grandes escritores negros dos tempos modernos para celebrarmos seus legados e contribuições.

Conceição Evaristo

Escritora e vencedora do prêmio Jabuti por Olhos d´água, Conceição Evaristo é uma grande poeta e representante da literatura afro-brasileira.

Nascida em uma favela de Belo Horizonte, Conceição viu seu trabalho publicado pela primeira vez em 1990. Um tema comum em sua obra é a desigualdade social.

Entre suas obras está o livro Poemas da Recordação e Outros Movimentos, onde encontramos o poema Do fogo que em mim arde. Um trecho dele diz:

Sim, eu trago o fogo,

o outro,

aquele que me faz,

e que molda a dura pena

de minha escrita.

é este o fogo,

o meu, o que me arde

e cunha a minha face

na letra desenho

do autorretrato meu.

Escritores negros dos tempos modernos

Alice Walker

A norte-americana Alice Walker é consagrada como autora de A Cor Púrpura, que a rendeu o prêmio Pulitzer de Melhor Ficção e o prêmio National Book Award em 1993.

A obra também foi adaptada para o cinema e para o teatro musical. Na história, conhecemos Celie, uma jovem negra, semianalfabeta, oprimida e abusada que passa a enviar cartas à sua irmã desaparecida e a Deus. O romance ainda conta com muitos outros personagens negros e uma linguagem rústica.

O trabalho de Alice Walker enfatiza a mulher como protagonista e a vida afro-americana sob a ótica do relacionamento entre os próprios negros, não entre brancos e negros.

Langston Hughes

Langston Hughes foi um novelista, poeta, dramaturgo, colunista e contista pioneiro da poesia-jazz. Ele participou do movimento intitulado Harlem Renaissance, ao qual também estão ligadas as cantoras Ella Fitzgerald, Sarah Vaughan e Billie Holiday.

Uma de suas marcas era a mescla entre linguagem comum e forma culta. Entre suas obras de destaque está O Negro Fala de Rios, que celebra a resistência de sua raça, escrita quando Langston ainda era adolescente. Sua grande obra chama-se Harlem (Sonho Protelado):

O que acontece com um sonho protelado?

Feito uva ao sol

fica seco e enrugado?

Ou escorrido o pus —

fica que nem ferida, infeccionado?

Feito carne podre ele fede?

Ou açucara e forma crosta —

feito um doce melado?

Vai ver é como um fardo

que levantar ninguém pode.

Ou será que ele explode?

Tradução: Débora Landsberg

Escritores negros dos tempos modernos

Toni Morrison

A editora, professora e escritora de literatura afro-americana Toni Morrison trabalha em seus romances com a temática das mulheres negras do século XIX e XX.

Vencedora do Pulitzer, ela foi a primeira mulher negra a ganhar o Nobel de Literatura, em 1993. Sra. Morrison é a mente por trás do romance Amada, de 1987, que depois foi adaptado à ópera e ao cinema, em filme estrelando Oprah Winfrey e Danny Glover.

Com elementos sobrenaturais, Amada conta a história da ex-escrava Sethe e a misteriosa nova moradora de sua cidade, a jovem Beloved (Amada).

Maya Angelou

Uma das grandes escritoras de todos os tempos, Maya Angelou inspira gerações há anos. Nascida Marguerite Ann Johnson, a escritora norte-americana escreveu poemas, autobiografias e foi ativista dos direitos civis.

Sua obra foi indicada ao Pulitzer e ao Grammy e entre suas fãs estão desde Oprah até Nicki Minaj. Um dos destaques de sua obra literária é o poema Ainda Assim me Levanto, publicado em 1978. Leia um trecho dele abaixo.

Você pode me fuzilar com palavras

E me retalhar com seu olhar

Pode me matar com seu ódio

Ainda assim, como ar, vou me levantar

Tradução: Francesca Angiolillo

Fonte caferadioativo.

O Cultura Alternativa publica com frequência diversos concursos literários, caso tenha conhecimento de algum nos envie.