Cuidados com a pele no outono

Cuidados com a pele no outono

Cuidados com a pele no outono

O outono chegou e trouxe temperaturas mais amenas, aumento de ventos e diminuição da umidade relativa do ar.

Por isso, as mudanças climáticas exigem cuidados especiais com a pele do rosto e do corpo. Intensificar a hidratação, diminuir a temperatura do banho e usar protetor solar são as principais recomendações.

“Com o friozinho, a tendência é que os banhos se tornem mais quentes e demorados, removendo a oleosidade natural da pele, o que pode causar ressecamento, descamação e coceira, além de deixar a pele com uma coloração esbranquiçada”, explica a médica Flávia Villela, especialista em Dermatologia.

Cuidados com a pele no outono, Maneiras de manter sua pele hidratada
Maneiras de manter sua pele hidratada

Cuidados com a pele no outono

Banhos mais frios e rápidos, além do uso de sabonetes com pH neutro, acompanhado da hidratação do corpo e do rosto, ajudam a evitar o ressecamento, “O ideal é optar por hidratantes mais concentrados, de acordo com cada tipo de pele.

Produtos à base de ureia, ácido lático, ácido hialurônico, óleos vegetais, vitaminas e antioxidantes são boas opções. A aplicação deve ocorrer pelo menos duas vezes ao dia, de preferência após o banho”.

Os lábios também precisam de proteção. “A aplicação de protetores labiais evita as rachaduras”, informa a médica.

Outra dica é não deixar de usar protetor solar. “A protetor deve ser aplicado durante todas as estações do ano, mesmo que não haja exposição solar. A luz artificial também danifica a pele, resultando em manchas”, destaca a médica.

Com as temperaturas mais baixas, as pessoas tendem a diminuir o consumo de água, o que segundo a médica, é prejudicial. “O indicado é beber pelo menos dois litros de água diariamente. Seu consumo auxilia no bom funcionamento do corpo e influência na aparência da pele”.

O outono também favorece a realização de tratamentos estéticos. Os mais indicados são o peelings, procedimentos a laser e microagulhamento que cuidam de sardas, manchas, rugas, cicatrizes, estrias e flacidez.

“São procedimento que devem ser feitos com um clima mais ameno, já que são mais agressivos e exigem menor exposição solar”, explica Flávia.

Outro procedimento recomendado para o período é a depilação a laser, procedimento que impede ou retarda o crescimento dos pelos.

“Para a realização da depilação é recomendado que o paciente evite a exposição solar pelo menos três semanas antes e três semanas após cada sessão, por isso estações frias são mais adequadas”, salienta Flávia.