Cultivo de hortas caseiras pode gerar benefícios à saúde

Cultivo de hortas caseiras

Cultivo de hortas caseiras pode gerar benefícios à saúde

Alertas para o consumo de alimentos naturais e frescos têm sido cada vez mais propagados

A globalização e aceleração dos processos cotidianos trouxeram, pouco a pouco, uma realidade preocupante para a sociedade: os maus hábitos alimentares.

Em uma era em que a facilidade de consumo de alimentos industrializados, impulsionada pela falta de tempo das pessoas, consolidou-se, veio à tona a necessidade de rever costumes e o tipo de produção e preparação das comidas.

Cultivo de hortas caseiras

Ficaram nítidos, ao longo do tempo, os malefícios dos “junk foods“, aqueles alimentos preparados industrialmente, com especificações nutricionais perniciosas e responsáveis por uma série de problemas de saúde, como a obesidade, pressão alta, diabetes, entre outros distúrbios.

Dessa forma, alertas para o consumo de alimentos naturais e frescos têm sido cada vez mais propagados e a ingestão deles tornou-se essencial para reverter o quadro.

Tendo em vista um panorama do avanço do cenário, a produção orgânica vem crescendo mais de 20% ao ano no Brasil de acordo com dados apresentados pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário.

O problema, no entanto, é que 70% do que é produzido no país acaba sendo exportado para a Europa, fazendo com que a demanda nacional seja maior do que é comercializado por aqui.

Cultivo de hortas caseiras

Vantagens dos alimentos orgânicos e cultivo caseiro

Dentre as vantagens de uma alimentação saudável, destacam-se a eliminação de toxinas, o consequente fortalecimento do sistema imunológico, a manutenção do peso e massa corporal e o auxílio no combate a doenças físicas e psicológicas, como a depressão.

Assim, uma das formas mais eficientes de produção e consumo de alimentos saudáveis é o cultivo caseiro, uma prática sustentável, inteligente e financeiramente mais vantajosa.

Além disso, é uma atividade comprovadamente eficiente para o alívio do estresse e que traz benefícios à saúde física e mental das pessoas devido à geração de endorfina por meio do contato com a natureza.

Segundo um estudo da Universidade de Harvard em parceria com o Brigham and Women’s Hospital, pessoas que vivem em áreas mais verdes têm um aumento de 30% na qualidade da saúde mental.

Já a Universidade de Chiba aponta que a prática do cultivo reduz consideravelmente os níveis de cortisol, hormônio responsável pelo estresse, e pode ajudar a diminuir a pressão arterial.

Horta inteligente

Ao contrário do que muita gente ainda pensa, ter a própria horta não requer grandes espaços ou uma casa no interior.

A Green Leaf horta inteligente desenvolveu uma solução que pode ser aplicada em qualquer lugar, até dentro de um apartamento pequeno, e vem se tornando uma tendência. Com essa tecnologia, é possível cultivar hortaliças, flores e temperos em pequenos espaços sem esforço.

Como funciona

A horta inteligente é uma proposta que visa automatizar o processo de plantio e colheita de forma simples, prática e segura, bastando semear as sementes, abastecer com 3 litros de água e ligar na tomada.

Fica ligado por 16 horas, desligando automaticamente pelas oito horas. Sua horta inteligente cuida da água, da luz e dos nutrientes que suas plantas precisam na medida certa.

É importante ressaltar que todas as sementes utilizadas são 100% naturais, livres de agrotóxicos e transgênicos. Outra vantagem para os consumidores e, principalmente, para o meio ambiente é que a horta inteligente consome até 99% menos água do que o cultivo tradicional.

Sobre o assunto
Alimentos essenciais para a sua imunidade
Alimentos que estão te matando
O que é o índice glicêmico dos alimentos e qual a sua importância para o organismo