Dallas BBQ na terceira com a 73

Dallas BBQ

Dallas BBQ, restaurante em Nova York, com excesso de batata e pão para Michelle Obama é o vilão da comida americana.

Nesta viagem sentamos em restaurantes coreanos, em saladarias, em restaurantes italianos, e finalmente, em um restaurante americano.

O Dallas BBQ

O Dallas BBQ da rua 73 com a terceira avenida é diferente de restaurante similar que fica na Broadway.

Este restaurante no lado leste de Nova Iorque tem arquitetura mais sóbria, o atendimento menos artístico e a comida é similar.

O Dallas BBQ é uma rede e em cada local que se encontra ele trabalha a arquitetura e o atendimento para aquele local, priorizando o público e a arquitetura em volta.

Atendimento

O atendimento de um restaurante americano é direto e objetivo como já dito, principalmente, em Nova York. 

Você tem o cardápio impresso na mesa, como se fora, um suporte para prato. 

Tem o garçom que traz a bebida, o que traz a comida, o que recepciona, o gerente, o que vai colocar a água no seu copo e nenhum se mete na área do outro.

É incrível o padrão nova-iorquino de atendimento, sempre com pressa e sem cortesia.

Degustação 

Comemos uma salada caesar de frango e metade de um frango com batatas fritas.

Os pratos estavam a contento, dentro do padrão americano, e a mais veio um bolo de milho, pães no estilo de pães sírios, tudo sem sabor, e se não fosse a manteiga, o bolo de milho teria sobrado.

Gastamos $25 no total, com fome não ficamos,  pois, o excesso de comida é latente e patente. Você não sai de um restaurante americano com fome e não sai satisfeito com o sabor, só com a quantidade.

Quantidade não é qualidade

Há anos atrás eu pensei que quantidade era fundamental na gastronomia.

Lêdo engano, quantidade é importante, mas, é fundamental uma harmonia entre a quantidade e a qualidade na gastronomia.

Comia eu desenfreadamente em churrascarias, quilos baratos e o meu legado foi: a diabetes.

Hoje, depois de comer nos melhores restaurantes do mundo, como também, em restaurantes medíocres, sei que harmonia entre a quantidade e a qualidade é difícil e é um diferencial importantíssimo.

Por exemplo, a comida francesa com seus famosos 180 gramas, é irritante, como também, a americana com excesso de batata, pão, catchup e coisas do gênero.

Fotos

Veja as fotos que fizemos clicando no título sobreposto a foto abaixo.

Filmes

Veja o filme que fizemos usando imagens da transmissão ao vivo via Facebook e do arquivo de filmes do nosso celular.

Cultura Alternativa 

O Cultura alternativa é um portal de notícias que é número um no Google frente a mais de 200 milhões de resultados que digitam a expressão “cultura alternativa” sem aspas.

Faça o teste, comprove, e nos divulgue na suas redes sociais e grupos de WhatsApp.

Estamos passando um mês em Nova Iorque, publicando matérias sob uma ótica diferenciada, plural e alternativa.

Anand Rao e Agnes Adusumilli 

Editores do Cultura Alternativa