‘DE QUEM É O SUTIÃ?’, DE VEIT HELMER

DE QUEM É O SUTIÃ

DE QUEM É O SUTIÃ? está nas plataformas digitais no NOW, VIVO e LOOKE. O filme encontrava-se ainda nos cinemas quando as salas foram fechadas devido a pandemia do COVID-19. 

Longa do premiado diretor alemão é uma jornada em busca do amor

DE QUEM É O SUTIÃ? O longa, dirigido por Veit Helmer, acompanha a jornada do solitário Nurlan em busca da dona de um sutiã azul.

Nurlan é um maquinista de trem que vive numa aldeia nas montanhas e tem uma pacata rotina: ele leva o trem pelo subúrbio da cidade, que passa rente às casas, e diariamente cumprimenta sua colega de trabalha Nesrin, que controla os trilhos.

Sempre que o semáforo dá passagem ao veículo, o menino Aziz interrompe seus afazeres na casa de chá onde trabalha e sai pelos trilhos com um apito avisando aos moradores para liberarem o caminho.

Os habitantes da tranquila cidade utilizam o espaço entre os trilhos de trem como uma extensão de suas casas, colocando mesas, cadeiras e o varal de roupas. Por isso, é até comum que uma peça ou outra fique presa ao motor do trem e Nurlan faz questão de devolvê-las aos seus respectivos donos.

DE QUEM É O SUTIÃ

O diretor conta que a inspiração para o filme veio de uma região na capital do Azerbaijão, onde os trilhos do trem são tão próximos às casas que eles também servem como áreas de lazer, como no filme. “Ali, a vida acontece na estrada de ferro, onde longos trens que transportam combustível passam várias vezes ao dia”, explica Helmer.

Nurlan está prestes a se aposentar e, no dia de sua última viagem, um delicado sutiã azul fica preso no maquinário do trem. Ao bater os olhos na lingerie, ele se lembra de tê-la visto em algum lugar. Na esperança de encontrar um amor e construir uma família, ele parte na jornada mais especial de sua vida: achar a dona do sutiã.

“Eu espero que as pessoas vejam o filme como uma arca do tesouro repleta de joias preciosas”, comenta Helmer. DE QUEM É O SUTIÃ? “é uma história de amor. Com um final inesperado”, sintetiza.

SINOPSE

O maquinista de trem, Nurlan, está indo a Baku (Azerbaijão) pela última vez antes de se aposentar. Ao chegar na cidade, seu trem esbarra em um varal e derruba um sutiã azul. Para escapar da sua existência solitária, Nurlan embarca em uma das jornadas mais aventureiras de sua vida: encontrar a dona de tal peça íntima.

𝒜𝓈 𝓃𝑜𝓋𝒾𝒹𝒶𝒹𝑒𝓈 𝒹𝑜 𝒞𝒾𝓃𝑒𝓂𝒶 !