Descubra qual deve ser sua pretensão salarial

Descubra qual deve ser sua pretensão salarial - Cultura Alternativa

Descubra qual deve ser sua pretensão salarial

Aprenda a responder à pergunta mais temida pelos candidatos

Para aqueles que estão entrando agora no mercado de trabalho, pretensão salarial é um termo assustador.

Dentre as reclamações mais comuns daqueles que estão procurando um emprego, a que se destaca é quando as empresas colocam “salário a combinar” na descrição da vaga. Ou, pior ainda, quando perguntam ao interessado quanto desejam ganhar.

Gosta do assunto? Saiba mais

Alguns por medo de pedir um salário alto demais, outros por trabalhar muito por um preço baixo, diversos candidatos desistem de vagas que os interessam por não saber como agir.

De acordo com “O Guia Definitivo da Pretensão Salarial” do Linkedin, a maioria dos escritórios pedem que o candidato informe quanto espera ganhar por ainda não terem decidido quanto querem e podem pagar pela vaga. Ou seja, é de vital importância que o requerente esteja devidamente preparado para responder essa questão.

Descubra qual deve ser sua pretensão salarial

Para ela, o melhor jeito de se preparar é tendo total conhecimento de suas habilidades. “Para escolher um novo rumo da vida que te dê lucro e que ao mesmo tempo te realize, você deve se autoconhecer”, afirma Feliciano.

A sua pretensão precisa estar de acordo com suas experiências e os seus talentos. Se você não souber quais são, ficará ainda mais difícil responder a temida pergunta.

Além disso, é necessário ter uma análise do mercado em que deseja se inserir. Enquanto se prepara para a entrevista de emprego, é importante pesquisar sobre o cargo, mesmo de outras empresas, para ter uma ideia do que lhe é pedido. Então, avaliando tais necessidades com as suas aptidões, conseguirá definir sua pretensão salarial.

Vale lembrar que, estar aberto para negociar, ou ainda, dar um pequeno passo para trás, não significa retroceder, mas sim alçar novos voos, principalmente neste momento político/econômico, portanto seja flexível!

Artigos de Madalena Feliciano
Profissão | sociedade | TRABALHO