Dia do sexo: Autoamor, exercícios físicos e bom humor.

Dia do sexo

Dia do Sexo foi criado por uma fabricante de preservativos e é comemorado no dia 06 de setembro.

A data não é oficial, mas tornou-se referência para os internautas brasileiros acostumados aos sites de relacionamentos e pelos usuários de aplicativos que aproximam pessoas.

Apesar de desconhecida da maioria da população, o Dia do Sexo foi a forma encontrada para ampliar as vendas de preservativos e lembrar que eles fazem parte da segurança com a saúde, especialmente quando o encontro é casual. A escolha da data faz alusão ao nome de uma posição sexual muito apreciada (6/9).

Dia do sexo

Dia do sexo

Vejas as dicas da especialista:

1- Autoconhecimento: É fundamental e pode ser desenvolvido de diversas formas. Seja no auto namoro, se tocando e sabendo como seu corpo funciona.

Ou dentro de processos terapêuticos, como a massagem tântrica, por exemplo, que pode trazer uma rica experiência de auto percepção de todo o corpo através de estímulos sensoriais.

2- Autoamor: Quem se ama se cuida mais e, naturalmente, também zela pelas relações que estabelece com outros. Amor próprio fortalece, inclusive, o sistema imunológico e traz bem-estar.

Dessa forma, a pessoa tem mais disposição para uma troca saudável,  ativa e cheia de energia.

3- Bom humor: Se tem uma coisa que traz leveza e tesão para uma relação, é ter um parceiro ou parceira que se divirta na hora do sexo. Aí fica fácil brincar. Seja com fetiches, sex toys, danças na cadeira ou um belo strip tease, muitas propostas auxiliam a apimentar e a ampliar a sintonia à dois.

4- Exercícios físicos: Um corpo que se exercita se torna mais ativo por ter mais energia disponível. Isso acaba trazendo mais energia para uma troca sexual também.

A vibração energética se torna melhor e mais elevada. Além dos exercícios trazerem uma consciência da respiração melhor.  O que é muito importante dentro da relação sexual.

5- Corpo a corpo: Um carinho ou uma massagem entre os corpos nus deixa o momento ainda mais amoroso e sensual. Pra quem não tem muito tempo ou não consegue reservar uma noite, algo que traz muito contato e aprofunda a conexão, é uma prática sexual mais lenta, sem tanta pressa pra chegar ao clímax.

É importante que o casal ou a pessoa aproveite esse momento para se desligar da rotina e entrar em um espaço de dar e receber com qualidade de presença.

Autoamor, exercícios físicos e bom humor estão entre as sugestões da terapeuta sexual

Saiba mais

 Saúde e muito mais

 Como identificar o Fake News. Seja inteligente, não cole, não compartilhe sem checar.

 Fake news prejudica diagnóstico e tratamento do câncer