Dólar nas alturas: Viagem de Férias em risco?

Dólar em Alta

Entenda os motivos da alta do dólar

*Por Daniel Toledo

O
dólar vai subir ou se estabilizar em dezembro? 

A alta e a baixa funcionam de acordo com o mercado. Alguns economistas, e demais pessoas, acreditam que o dólar está atrelado a uma questão de investimento e mercado externo.

Eu particularmente não analiso desta forma, mas sim observo outros fatores. Por exemplo: tem uma crise acontecendo na Argentina e isso com certeza vai impactar o dólar no Brasil.

A política instável do nosso país também sofre impacto em relação a esta instabilidade e o investidor vai analisar esse cenário. O dólar vai subir, e alguns contratos deixarão de ser realizados e outros serão encerrados. Então, essa flutuação impacta sim. Porém muitas pessoas esquecem de averiguar um dos fatores mais importantes dessa questão, que é o mercado de especulação.

Se observarmos os grandes especuladores, é possível notar que eles entram no mercado justamente quando alguns índices estão flutuando, que é quando o dólar dispara e eles ganham dinheiro. As pessoas se esquecem de olhar esse lado ou simplesmente não acreditam no mercado de especulação, que hoje varia muito.

Antigamente as pessoas olhavam só para moedas, hoje temos criptomoedas, ações, mercado interno, consumo interno que são aspectos dificilmente vistos.

Muitos apostam no dólar a R$ 5,00 o que é possível, mas particularmente acredito que a moeda deve flutuar no valor que está custando hoje, talvez um pouco abaixo.

Dólar em Alta

Provavelmente, nas próximas semanas ainda vá subir um pouco porque o mercado está muito instável e volátil que nem os especuladores sabem precisar isso, então eles mesmos estão cautelosos em relação à moeda americana no Brasil.

Infelizmente, eu também não sei prever, por conta da instabilidade presente inclusive na política brasileira e até mesmo na americana, onde estão ocorrendo uma série desdobramentos que irão impactar o Brasil e outros países, como por exemplo, a questão da negociação com a China. Minha recomendação é cautela e a dolarização de patrimônio.

*Daniel Toledo é Advogado da Toledo e Advogados Associados especializado em direito internacional e consultor de negócios, sócio fundador da Loyalty Miami. Para mais informações, acesse.

🇪​🇳​🇨​🇴​🇳​🇹​🇷​🇪​ 🇺​🇲​ 🇩​🇪​🇸​🇹​🇮​🇳​🇴​ 🇫​🇦​🇳​🇹​á🇸​🇹​🇮​🇨​🇴​ 🇵​🇦​🇷​🇦​ 🇸​🇺​🇦​ 🇵​🇷​ó🇽​🇮​🇲​🇦​ 🇻​🇮​🇦​🇬​🇪​🇲​.