Saiba quais exercícios você pode fazer em voos longos para evitar transtornos

Exercícios para fazer em voos longos

Exercícios para fazer em voos longos

Viajar é uma das coisas mais prazerosas na vida. Se for aquela viagem que você sonhou a vida toda, melhor ainda.

Só que antes de desfrutar de todas as atrações de seu destino, você terá de enfrentar longas horas dentro do avião. Três, cinco, oito, doze e até vinte horas!

Cuidados com a saúde, principalmente com a circulação do sangue, são fundamentais para quem vai realizar voos com longa duração. Ficar várias horas sem movimentar as pernas pode gerar tromboses que, por consequência, causam embolia pulmonar, que pode ser até fatal.

Para efeito de informação: trombose são coágulos (chamados trombos) que se formam nas veias. No caso dos coágulos se desprenderem, percorrem toda a corrente sanguínea, chegando aos pulmões, impedindo a passagem do ar.

Por isso é tão importante não ficar parado por horas na poltrona do avião. E a desculpa que o espaço é muito pequeno, principalmente em uma classe econômica, cai por terra, pois há vários exercícios físicos que podem se realizados mesmo no pequeno espaço reservado a você no avião.

Exercícios para fazer em voos longos

Estimule os seus pés e panturrilhas

As opções de exercícios que você pode fazer sentado mesmo são bem simples e fáceis, porém eficazes:

  1. Levante os pés e faça movimentos circulares, tanto para esquerda, quando para direita. Repetição de 20 a 30 vezes cada pé.
  • Apoie a ponta do pé no chão do avião. Faça movimentos para cima e para baixo. Uma dica: se for possível, coloque sua bagagem de mão no chão para que facilite a execução destes e outros exercícios.

Exercícios para pernas, joelhos e músculos do glúteo

Agora é a vez de você exercitar as pernas:

  1. Levante as pernas simultaneamente em direção ao seu tórax, até onde der. Contraia os músculos e faça o movimento de volta das pernas ao solo. Repetir 3 a 5 vezes.
  2. O segundo exercício é juntar os joelhos, contraindo os músculos dos glúteos, que costumam ficar dormentes. Também o recomendado é repetir 3 a 5 vezes.

A orientação dos profissionais da saúde é que esses simples exercícios sejam feitos de hora em hora. Quando não estiver se exercitando, não descuidar da postura. Deixar a coluna reta e a lombar apoiada na poltrona. Levar uma pequena almofada para apoiar a cervical, para evitar dores e torcicolo.

Hidratação e caminhada

Não esqueça da hidratação. Beba bastante água. Com isso, obrigatoriamente, você terá de ir ao banheiro mais vezes. Isso fará você esticar as pernas, caminhar um pouco, fazendo o sangue circular. Tente fazer isso a cada duas horas, no mínimo.   

Com essas medidas você evitará o perigo de tromboses, o aparecimento de dores e torcicolos e, ao chegar ao seu destino, poderá aproveitar ao máximo o seu passeio. Boa viagem!

A𝓰𝓷𝓮𝓼 𝓐𝓭𝓾𝓼𝓾𝓶𝓲𝓵𝓵𝓲 – 𝓡𝓮𝓭𝓪çã𝓸 𝓭𝓸 𝓒𝓾𝓵𝓽𝓾𝓻𝓪 𝓐𝓵𝓽𝓮𝓻𝓷𝓪𝓽𝓲𝓿𝓪