Facebook, a maior, melhor e mais dinâmica agência de notícias mundo – Por Anand Rao

Facebook, a maior, melhor e mais dinâmica agência de notícias mundo – Por Anand Rao

Estamos estupefatos com a quantidade de demissões na área do jornalismo. Há poucos dias comemoramos o dia do jornalista, como também, o andamento da legalização do diploma do jornalista no Congresso e resolvemos avaliar de forma personalizada o facebook. Será que esta rede social provocou estas demissões, será que é necessário um diploma para ser jornalista.

Qual a essência do jornalismo

A essência do jornalismo é a informação. Os veículos de comunicação vinculados a seus patrocinadores, muitas vezes, cerceiam ou direcionam a informação, tornando-nos gado, fazendo com que o verso “ê, vida de gado, povo marcado, povo feliz” tenha vida.

O facebook com suas fotos inusitadas de alimentos, de momentos diversos de seus usuários em viagens e etc. Opiniões diversas sobre temas diversos, é com certeza hoje a melhor agencia de notícias da internet.

Arte, Cultura, Turismo e Geral

Essas são as editorias que compõem o Portal Cultura Alternativa. Se fossemos viver de agências estaríamos mortos. Observando muitas vezes sites diversos de turismo, vemos que a mesma matéria que sai num, sai no outro, como se fosse uma cópia e colagem de “release”. E é. Nós mesmos publicamos matérias de agência e eu acho isso insuportável mas, necessário. Agora, o facebook, se bem trabalhado traz informações precisas de shows não divulgados, ações diversas, pois, a pessoa que é a notícia é aquela que informa.

Direcionamento de amigos

Temos tentado direcionar nossos amigos do facebook como fontes, ou seja, ficamos amigos de quem pode se tornar fonte. É muito claro para nós, quando vamos copidescar, o seguinte: ninguém sabe escrever mas, todos sabem informar. E basta um pequeno tirocínio, uma pequena composição entre subtítulos, título, lide e outros parágrafos para elaborarmos uma boa matéria encima de um post do facebook.

Nossa editora, Agnes Adusumilli, que passa o dia inteiro no facebook, instagram, twitter e coisas quetais, não sabe o quão é rica sua leitura diária. Se tiver a percepção, e tem, da editora, de editar, vai nos sugerir pautas diárias encima de posts. Hoje os posts são as mais ricas formas de informação.

Textos longos não meu irmão

Este subtítulo caiu bem – textos longos não meu irmão. O jornalista que ainda acham que uma matéria informativa tem que ter um X número de caracteres estão por fora. A matéria hoje tem que informar, ser de fácil leitura, e pronto. Chega de lenga lenga. Nós ainda tentamos colocar nas nossas matérias uma pitada de poesia e música, por exemplo, quando escrevemos sobre restaurantes. Queremos sair daquela mesmice das fotos, opinião sobre o que se é oferecido para degustar, ou então, apenas fotos e nada a declarar, como se a notícia, fosse publicidade. Colocamos um áudio com o chef ou o proprietário, escrevemos um poema e musicamos o mesmo, as vezes, em diversas versões, enfim, inovamos e a inovação nem sempre é bem vinda mas, é necessária.

Se você informar, copiando, seguindo os preceitos do jornalismo com lide e coisas do gênero, você está fadado à morte.

Por fim

Chega de texto, pois, a ideia já está dita. Facebook, é hoje, a maior agência de notícias do mundo, pois, o usuário é uma rica fonte. E temos este caminho na nossa mão. O importante é saber discernir entre a barrigada (a notícia falsa) e a verdade que deve ser melhorada em seu conteúdo informativo. A apuração é fundamental. E mãos a obra, pois, o usuário precisa de informação de qualidade e a mesma está ai, na frente dos nossos olhos, na ponta do nosso nariz e tem que ser vista, cheirada e por fim, difundida.

Anand Rao

Editor do Portal Cultura Alternativa

https://www.culturaalternativa.com.br/