Feira do Livro de Porto Alegre

Feira do Livro de Porto Alegre

Feira do Livro de Porto Alegre

Em 2020 será totalmente digital

Como já vem acontecendo com todos os eventos culturais pós-março de 2020 atingiu também a 66ª edição da Feira do Livro de Porto Alegre, que será realizada de 30 de outubro a 15 de novembro, em formato totalmente digital.

Feira do Livro de Porto Alegre

Conforme foi divulgado no Correio do Povo de Domingo.

Conforme o presidente da Câmara Rio-grandense do Livro (CRL), Isatir Bottin Filho, a Feira do Livro terá uma plataforma que transmitirá lives, vídeos e outros conteúdos a partir da Fábrica do Futuro, no 4º Distrito da Capital, que sediará as transmissões da Feira.

“A programação será reduzida pela metade, mas faremos lives com autores gaúchos e sessões como a do Autor no Palco para as crianças, com a média de uma por turno, manhã e tarde.

Na edição passada eram duas por turno”, destaca Isatir, lembrando que eventos como o 15º Mutação na Feira e o 5º Encontro de Influenciadores Literários e Seguidores terão programação concentrada em um único dia e horário, em vez de duração demais dias.

Segundo Isatir, os associados da CRL estão recebendo consultoria de até 50 horas do Sebrae para incrementar o seu negócio, principalmente o e-commerce.

“A Câmara Rio-grandense do Livro terá uma plataforma e dará suporte de e-commerce aos associados que ainda não estão operando esta ferramenta”, assegura o titular da CRL. Ele lembra que apenas metade dos 110 associados da CRL operam com e-commerce atualmente.

Outra mudança na estrutura da Feira é a contratação de uma curadora, a jornalista, escritora e editora Lu Thomé, para coordenar a programação da Feira. Lu Thomé foi organizadora do Gauchão de Literatura, da Copa de Literatura Brasileira e do Sport Club Literatura.

Ela fundou a Não Editora e estava na equipe do ciclo de conferências Fronteiras do Pensamento. Ela assume o cargo que era da coordenadora geral e adultos da Feira, Jussara Haubert Rodrigues. A coordenadora da Área Infantil e Internacional, Sônia Zanchetta, foi mantida na equipe.

Sobre o patrono, Isatir lembra que o processo de escolha deve começar a ser decidido em agosto, mas não adiantou o modelo (se será indicação dos ex-patronos e conselho e/ou votação dos associados).

“O anúncio deve sair em outubro, mês no qual faremos pelo menos três lives, como a de lançamento da Feira e outros encontros com autores gaúchos e pessoas envolvidas com o mercado do livro”, finaliza.

Em Porto Alegre a dica do

Cultura Alternativa