High Line, casa de dança em São Paulo, com arquitetura e sabor

High Line. Dança

Jeferson Munhoz, coordenador de atendimento, trabalhou dois anos com Amaury Júnior e merece virar gerente. Excelente profissional.

Oitocentas pessoas por fim de semana. segundo informações do garçom Igor.

No dia em que fomos, um dia frio, estava vazio.

Chegamos às 18 e saímos 22 h 30 m, horário que começa a encher.

Valeu a pena esta visita e satisfaça seu tzão lendo a matéria.

High Line – Contato Inicial

Agnes Adusumilli, com seu tirocínio e percepção, conseguiu um espaço onde a música lounge começava a partir das 18 h. Infelizmente músicos que exercem a profissão em bares, são ruins, e quando são instrumentistas, tocam standards de jazz. Isso já era para nós.

Chegamos 18 h 30 m de uma sexta-feira e levamos meia hora devido ao famoso trânsito de São Paulo.

A noite era fria, nebulosa, com uma lua cheia entre nuvens e pedia um vinho.

Foi isso que fizemos ao solicitar a bebida.

Com relação ao trânsito, do Jardins até a Vila Madalena, levamos meia hora.

Casa de Dança em São Paulo – Atendimento

O atendimento foi feito pelos garçons: Igor, Louise e Oswaldo.

Na hora em que fomos foi espetacular.

Temos que ressaltar, Jeferson Munhoz, coordenador de atendimento no salão, sentou conosco meia hora e evitou gravar entrevista esperando que o gerente ao chegar atendesse ao apelo.

O gerente nem sentou conosco.

Solicitamos com urgência que o setor responsável do grupo que é proprietário do High Line, que tem mais duas ou três casas, reveja a gerência.

Jeferson merece, por sua experiência e maturidade, se tornar gerente geral.

High Line – Arquitetura

Arquitetura diferenciada de casas de dança

Neste espaço você tem quatro ambientes. É espetacular.

Senta com propriedade e magia, se encanta com a pintura do Cobra na entrada, com o mobiliário nos diversos ambientes.

O toilette é ótimo, o local destinado à dança um pouco pequeno, mas, vale muito a pena você conhecer, avaliar e conquistar alguém neste espaço.

Casa de Dança em São Paulo – Degustação

Degustamos o seguinte:

Stingray Fish Balls (R$ 23,90)

Croqueta cremosa de arraia com sour cream citrico de laranja.

Excelente. Sugerimos apenas pequenas lascas de arraia no conteúdo e não a arraia batida, pois, não se destaca frente ao cream citrico.

Chicken Fingers

Dedinhos de Frango com tomilho. Saborosíssimo.

Veio envolto em um saco de papel, estilo saco de pão, modelado em cesta, muito interessante a nível de design.

Vinho Chileno (R$ 120)

Não lembramos o nome. A carta de vinhos tem 10 vinhos no máximo.

O vinho era mediano, mas, com um bom custo benefício.

Água da Casa, aquela que é servida pelo estabelecimento sem custo para o cliente, é uma lei que não é respeitada em São Paulo. Então, pedimos água para acompanhar o vinho com custo em torno de R$ 7 média de preço em São Paulo.

High Line – Internet

Fizemos transmissões ao vivo usando a internet do espaço. Quando está vazio, a internet funciona bem.

Facebook – https://www.facebook.com/barhighline/

Site – http://www.highlinebar.com.br/

Instagram – https://www.instagram.com/highlinebar/

Fiquem atentos, telefonem antes, ao horário em que o salão estará aberto para dança. No site dizia 22 h 30 m, mas, a verdade e só descobrimos depois que chegamos é que o salão abria só às 24 h.

Casa de Dança em São Paulo – Fotos

Viajamos há mais de 10 anos mundo afora, veja todas as fotos que fizemos curtindo nossa página pública no Facebook.

Abaixo, ao clicar no símbolo do “Face”, você verá todas as fotos que fizemos do High Line Bar.

High Line – Filme

Nosso setor de filmes fez o filme abaixo com imagens que fizemos no celular.

Anand Rao

Editor do Cultura Alternativa