Hospedagem para turista ficará 21% mais barato na Argentina

Argentina

Os turistas estrangeiros que visitam a Argentina podem reaver parte do imposto que incide sobre as diárias de hotel

O IVA (Imposto sobre Valor Agregado, equivalente ao ICMS no Brasil).

Com a medida, anunciada em setembro do ano passado, os preços das hospedagens podem ficar 21% mais barato caso o pagamento seja feito com cartões de crédito ou débito.

Pode ser um alento para os brasileiros, que pagam IOF de 6,38% na utilização deste meio fora do país.

Mas é bom ficar atento. O imposto sobre outros serviços oferecidos pelos hotéis, como refeições e spa, não são reembolsáveis.

Para solicitar a devolução do IVA, o turista deve levar a nota fiscal da hospedagem ao escritório da Afip — a receita federal argentina– nos aeroportos.

O valor recolhido pelo IVA deverá ficar discriminado no documento fiscal.

Outros países como Chile, Uruguai, Peru, Equador e Colômbia já dão isenção no imposto de hospedagem.

Com informações da “Folha” e dos Melhores Destinos