Vistas inesquecíveis: mirantes na Ilha da Madeira

Ilha da Madeira

Ilha da Madeira. Por ser uma ilha montanhosa, a Madeira, destino português em meio ao oceano Atlântico, tem muitos spots perfeitos para curtir a paisagem.

As opções são inúmeras: com vista para o mar, para a cidade, para as montanhas ou para a floresta. Muitos desses mirantes estão no final de uma trilha em meio à natureza, e são uma recompensa gratificante para um pouco de exercício.

Abaixo, veja cinco mirantes inesquecíveis da Ilha da Madeira.

Ilha da Madeira

Cabo Girão

Este é o mais famoso mirante madeirense, que está sobre uma parede rochosa de 580 metros debruçada sobre o oceano e com vista para o mar e a capital, Funchal. Ele conta com uma passarela suspensa de vidro, conhecida como skywalk, que garante uma experiência eletrizante.

Pico do Areeiro

Neste ponto do destino, os visitantes se sentem nas nuvens. Isso porque o Pico do Areeiro está a 1.818 metros de altitude, sendo o segundo pico mais alto da Madeira. De lá, é possível apreciar o cenário do maciço central da ilha e começar uma emocionante trilha até o Rico Ruivo, este sim o mais alto do destino.

Pico dos Barcelos

Um dos melhores mirantes da Madeira, o Pico dos Barcelos está a 355 metros de altitude e tem acesso fácil. Dele, é possível observar toda a Baía do Funchal e, em dias claros, pode-se ver até mesmo as Ilhas Desertas, conjunto de ilhas desabitadas que fazem parte do arquipélago. A visão é de 360 graus, o que o deixa ainda mais impressionante.

Farol da Ponta do Pargo

Este farol de 97 anos está na ponta oeste da Madeira, e seu mirante está a 312 metros de altitude. É um lugar perfeito para assistir o sol se pôr no mar, em um verdadeiro espetáculo de cores da natureza. A paisagem do mar e da costa sudoeste, mais selvagem, é de tirar o fôlego.

Ponta do Rosto

Este ponto da ilha é único, pois permite observar tanto a costa norte quanto a costa sul da Madeira e, em dias de sol, é possível ver até mesmo Porto Santo, a outra ilha habitada do arquipélago que guarda belas praias. O contraste entre o mar do norte, com ondas revoltas, e o mar do sul, bastante pacífico, é muito interessante.